Dê este livro - R$ 30,00 - de presente

Dê este livro - R$ 30,00 - de presente
Adquira no Boulevard Shopping (na Cappa Clara Tabacaria), Restaurante Flor do Maracujá (na Kalilândia), bancas Avenida, Cidreira e Status (na avenida Getúlio Vargas), no Espaço Cultural e O Folheteiro (no Mercado de Arte Popular)

Venda antecipada de ingresso no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada de ingresso no Orient Cineplace Boulevard
11 (sábado, 29) - 13 - 15h10 -17h20 - 19h30

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard
10h30 (sábado, 6) - 13 - 15h40 - 18h20 (dublado) - 21 (legendado)

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard
10h30 (sábado, 20) - 13 - 15h30 - 18 - 20h30

Venda antecipada

Venda antecipada
Lançamento em 15 de agosto no Orient Cineplace Boulevard - 11 - 13h20 - 15h40 - 18 - 20h20

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Monumento ao Caminhoneiro tem inauguração sábado

Monumento foi criado pelo artista plástico Gil Mário

Em homenagem aos profissionais do volante que contribuem decisivamente para o progresso e o desenvolvimento de Feira de Santana, o Monumento ao Caminhoneiro, construído pelo Governo Municipal na praça Jackson do Amaury, será inaugurado pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho neste sábado, 15, às 19 horas.
As obras já foram concluídas e agora recebem apenas alguns ajustes para serem liberadas para apreciação dos transeuntes e motoristas que trafegam pela avenida Presidente Dutra. O equipamento, construído com recursos próprios do Município, é o maior dos monumentos já construídos no interior do Norte/Nordeste do país.
O Monumento ao Caminhoneiro possui estrutura mista, metálica e em concreto armado, transpassando a avenida Presidente Dutra, sobre a rotatória da praça Jackson do Amaury. De arquitetura abstrata bastante moderna, criada pelo artista plástico feirense Gil Mário, remete à idéia da cabine de um caminhão e sua carroceria atravessando a pista.
O canteiro central que abriga o monumento também recebeu moderna estrutura, equipando a praça Jackson do Amaury. O local foi pavimentado com lajotas em concreto e os canteiros receberam palmeiras, das espécies imperial e cariontes, além de gramas em placa e pequenas plantas que completam o ajardinamento.Para maior conforto dos transeuntes, a Prefeitura também instalou 14 bancos em tubo galvanizado niquelado e madeira, distribuídos estrategicamente. Também foram colocadas 10 torres de iluminação, com lâmpadas de maior luminosidade.
Outra medida adotada pelo Governo Municipal foi a colocação de rampas de acesso à praça, visando garantir aos portadores de cuidados especiais, principalmente cadeirantes, livre acesso. E para a praça ser mantida sempre verde, foram instalados poços artesianos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Louvavel a ideia de homenagear os caminhoneiros do país neste inusitado monumento. Creio que a ideia inicial de quem o avista, seria de "esqueleto de dinossauro" nada lembrando o que se propõe mostrar o monumento. A pavimentação da praça é fria, tanto que não existe uma movimentação de pessoas a frequenta-la. A iluminação é parca e não obdece a um paisagismo dinamico. Opino pela colocação de postes com no maximo 2,5 m de altura com abobodas iluminadas, o que daria o tom "retrô" o que ocorre nas grandes cidades do país ao tempo em que daria um equilibrio maior, disfarçando o "grande monstro" que reina impavido na avenida de acesso a cidade.

Jean Santos
jeans.rh@hotmail.com

Geysa Santos disse...

Oi Dimas! Sou jornalista na Risa Revista do Calçado, com circulação nacional, e gostaria de usar esta foto sua para ilustrar uma matéria sobre a Bahia, com seus devidos créditos. Posso? Caso sim, favor enviar endereço para correspondência onde postaremos um exemplar para o senhor.

Grata
Geysa Santos
jornalismo@risanet.com.br