*

*

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

"Vanguarda do atraso tocou o terror em Brasília"



O "Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano", de Carlos Marighela, que inspira protestos violentos contra o governo Michel Temer, é uma prova de que a "esquerda" brasileira é mesmo a vanguarda do atraso. A Polícia Militar apreendeu com vândalos, em Brasília, exemplares do Manual que dá instruções sobre sequestros, sabotagem, expropriações (roubo) de armas, execuções (assassinatos), "guerra de nervos" etc. Datado de junho de 1969, plena ditadura, está disponível no Google.
Fator surpresa
O espanto dos oficiais da PM-DF com o conteúdo mostrou que eles não faziam ideia do conteúdo explosivo do Manual de Marighela.
Como um manual
O Manual detalha modelo e material (madeirite) dos escudos utilizados por vândalos em várias cidades. Parecem saídos de linha de produção.
Morte em 1969
Marighela foi morto pela repressão política em novembro de 1969, cinco meses após concluir o seu "Mini-Manual do Guerrilheiro Urbano".
Salvo pela capacete
O coronel Leandro Schweitzer, que comandou a Polícia Militar contra vândalos em Brasília, conhece bem os métodos deles. Em ato contra o impeachment, há meses, uma violenta pedrada quebrou seu capacete.
Terror vai se alastrar
A escalada de violência foi inaugurada em Brasília, há duas semanas, como "projeto piloto", e se repetiu em outras cidades com violência semelhante, como no ataque à sede da Fiesp. É só o começo.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: