*

*

*

*

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

"Curitiba: vaga na PF gera expectativa de prisão"



O esvaziamento da carceragem da Polícia Federal em Curitiba fez ressurgir a expectativa de iminentes prisões na Operação Lava Jato por ordem do juiz federal Sérgio Moro. A transferência do ex-deputado Eduardo Cunha para o presídio liberou a cela reservada a presos mais ilustres, na carceragem. Com o agravamento da situação de Lula, agora 5 vezes réu, há grande expectativa sobre sua eventual prisão.
Só obstrução
Nos meios jurídicos, poucos acreditam em prisões antes do Natal, a menos que tenha sido caracterizado caso de obstrução da Justiça.
Flagrante
Experientes criminalistas acham também improvável a prisão de Lula neste momento, mas ressalvam as hipóteses de flagrante.
Tem mais
Não deverá haver pausa na Lava Jato, até porque há operações policiais já autorizadas pela Justiça e em fase de planejamento.
Pensando bem...
...no ritmo em que se torna réu na Lava Jato, o ex-presidente Lula será hepta antes do Flamengo. Pintou cheirinho de prisão.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: