*

*

*

*

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Modernista inglês localiza pela Internet obra exposta no Museu Regional de Arte

A facilidade proporcionada pelas ferramentas da Internet possibilitou o reencontro de um artista inglês com um quadro pintado por ele em 1966 e exposto no Museu Regional de Arte da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Trata-se do modernista britânico Antony Donaldson que visualizou a obra "Orange-Square" (Foto: Divulgação), 172 x 172cm, acrílica sobre tela, no Museu Virtual do "Jornal Feira Hoje" (http://www.feirahoje.com.br/). O jornal publica obras do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca) e da Pinacoteca de Artistas Feirenses da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).
Depois do contato por e-mail de Antony Donaldson com o editor do "Feira Hoje", jornalista Everaldo Goes, foi possível corrigir dois equívocos envolvendo a obra "Orange-Square". O quadro era exposto numa posição incorreta, “deitada”, o que foi reclamado por Donaldson. Everaldo Goes verificou que o erro foi originado a partir de publicação antiga, editada por um museu em Salvador.
Ele conta que notou outro equívoco, desta vez no site de Donaldson (http://www.antonydonaldson.com/). O artista inglês, ao fazer referência à imagem do quadro "Orange-Square", indicava que a obra estava exposta no inexistente “Porto Allegre Museum, Bahia, Brazil”, e não no Museu Regional de Artes da Uefs - antes Museu Regional, até 1985, que era mantido pela Prefeitura de Feira de Santana e hoje é o Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira.
Comunicado sobre o fato, Donaldson corrigiu o equívoco e enviou nova mensagem explicando que a referência do museu havia sido passada pelo marchand que tomava conta do acervo na Inglaterra enquanto ele passava uma temporada em Los Angeles, Estados Unidos. O marchand foi o responsável pela venda do "Orange-Square", em 1967 - provavelmente a Assis Chateaubriand, que era embaixador do Brasil na Inglaterra. “Fico satisfeito em saber a localização exata do quadro”, afirmou o artista britânico.

Nenhum comentário: