#EsteBlogÉDemais!

#EsteBlogÉDemais!
Feira precisa continuar no caminho de progresso

Dê este livro - R$ 30,00 - de presente

Dê este livro - R$ 30,00 - de presente
Adquira no Boulevard Shopping (na Cappa Clara Tabacaria), Restaurante Flor do Maracujá (na Kalilândia), bancas Avenida, Cidreira e Status (na avenida Getúlio Vargas), em O Folheteiro (no Mercado de Arte Popular)

Venda antecipada

Venda antecipada
10h40 (Sábado, 19) - 13 - 15h20 - 17h40 - 20 (Dublado)

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Augusto Aras e Feira de Santana


Baiano de Salvador, o advogado Antonio Augusto Brandão de Aras (Foto), indicado na quinta-feira, 5, para ser o novo procurador-geral da República pelo presidente Jair Bolsonaro, viveu 80 por cento dos seus 60 anos de vida em Feira de Santana, onde chegou criança.  
Aqui, estudou no Colégio Santo Antônio e no Colégio Nobre, permanecendo nesta cidade até voltar para a capital e se formar em Direito na Universidade Católica de Salvador, em 1981. 
É filho do advogado Roque Aras, que foi vereador, deputado estadual e deputado federal, e de Mariana Brandão Aras, primo do procurador federal Vladimir Aras, que foi promotor estadual e depois procurador federal em Feira de Santana e também primo do professor Sérgio Aras.
Ainda nesta cidade, foi atleta de diversas modalidades, entre elas, natação, do Feira Tênis Clube e medalhista de judô na academia de Renato Pereira.
Tem se dedicado aos estudos sobre os sertões da região de Euclides da Cunha desbravados pelo avô José Aras com a Fundação Bendengó, como lembra seu primo Sérgio Aras.

Nenhum comentário: