Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Morre escritora Harper Lee



"Deus significa amar aos outros como a gente ama a gente" - Citação em "O Sol É Para Todos"

1. Escritora Harper Lee, nos anos 60
2. Capa da edição americana do livro
3. Capa da edição brasileira do livro
4. Gregory Peck e Brock Peters em cena do filme
Fotos: Reprodução

A escritora americana Harper Lee morreu aos 89 anos. Ela ficou famosa por escrever o clássico "To Kill a Mockingbird” (no Brasil, "O Sol É Para Todos", editado pela José Olympio), em 1960. O livro ganhou o Prêmio Pulitzer de Literatura e é considerada uma obra-prima do século 20 por seu retrato da injustiça racial na era da depressão (anos 30) no sul dos Estados Unidos. Tem como pano de fundo as tensões raciais, o preconceito e a segregação se contrapondo à inocência e à gentileza da infância.
"O Sol É Para Todos" vendeu aproximadamente 30 milhões de cópias. No ano passado, a continuação "Vá, Coloque um Vigia", teve a maior pré-venda dos Estados Unidos, com 1,6 milhão de exemplares vendidos em papel.
"Vá, Coloque um Vigia", editada pela Harper Collins, põe em cena, 20 anos mais tarde, os mesmos personagens de seu primeiro livro.
No primeiro livro, Harper Lee dá voz à menina Scout que admira o pai por seu senso de justiça e por como ele lida com questões duras como a segregação racial no sul dos Estados Unidos.
Na segunda obra, Scout já adulta tem de usar toda sua - falta de - maturidade para seguir com a vida após confrontar a imagem idealizada do pai com o real pensamento dele.
No cinema, tenho exemplar em minha coleção de DVD, "O Sol É Para Todos" também foi um sucesso, quando foi lançado em 1962. Em Feira de Santana, foi exibido no Cine Santanópolis, em meados dos anos 60. Nomeado a oito estatuetas do Oscar, levou três: Melhor Ator (Gregory Peck, que interpretou Atticus Finch, advogado e pai da narradora); Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Direção de Arte.

Nenhum comentário: