*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

"Apagão de novo! Hoje é dia de a imprensa tomar mais um bafão da presidente! 'É blecaute, minha filha!'"



Por Reinado Azevedo
No dia 3 de fevereiro de 2011, já na gestão da presidente Dilma, o Nordeste sofreu um apagão geral. Agora, outro. A ocorrência mais grave, no entanto, se deu mesmo no dia 10 de novembro de 2009, estendendo-se por algumas horas da madrugada do dia 11. Boa parte do país, inclusive na Região Sudeste, ficou às escuras. A então ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, já apontada como futura candidata do PT à Presidência, deu um pito nos jornalistas que fazia perguntas sobre a ocorrência e aproveitou para atacar… FHC!
O governo popularizou, então, a "Teoria do Raio", que teria provocado um problema técnico etc. Veio o Inpe e concluiu que o raio não era culpado coisa nenhuma! Então foi, bem, sei lá… À época, a agora presidente não tinha ainda esse ar superior de Rainha de Banânia. Com os jornalistas insistindo em saber as causas, ela disparou, naquele estranho idioma que falava, combinado com o cabelo estilo capacete:
"Minha querida, tem uma coisa que nós humanos temos um problema imenso: nós não controlamos chuva, vento e raio. Sempre quisemos, mas não conseguimos ainda. Talvez algum dia, né?"
Tudo muito claro, certo?
O vídeo abaixo é todo editorializado e coisa e tal. Eu só o publico aqui porque nunca antes na história destepaiz alguém explicou tão bem um apagão como a então ministra: a partir de 1min27s. Assistam:



Hoje, tudo indica, é dia de mais uma bronca. Sempre que o país, ou parte dele, fica às escuras, a imprensa começa a encher o saco, cobrando uma explicação. Jornalistas que não se prezam são assim mesmo, né? Em vez de acender velas, ficam fazendo perguntas sobre a escuridão. Ô gentalha sem luz no coração!
É preciso controlar a mídia. E já!
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

Nenhum comentário: