*

*

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14
Orient Cineplace Boulevard - 15 - 18 (Dub) - 21 (Leg)

quarta-feira, 12 de abril de 2017

"Na política, quem sai aos seus degenera mesmo"



Citado para indicar a boa índole de filhos, o ditado “quem sai aos seus não degenera” não serve para explicar pais e filhos investigados na Lava Jato, por ordem do ministro Luiz Fachin. O ex-presidente Lula e os filhos Lulinha e Luiz Claudio, o senador Renan Calheiros e o filho governador de Alagoas estão na mesma lista do governador potiguar Robinson Faria (PSD) e o filho, deputado Fábio. O filho, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, faz companhia ao pai, César Maia (DEM), assim como o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) não nega que é filho de José Dirceu, ex-"primeiro-ministro" de Dilma preso em Curitiba. Também o governador Tião Viana e o irmão Jorge Viana (PT) têm a Polícia Federal na cola.
É o amor
Na lista há casais como as senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e o marido Eron Bezerra, além de Marta Suplicy com Márcio Toledo.
Perdeu, "Momô" 
Estão na lista a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) e o maridão, Moisés Pinto Gomes, que nas investigações foi mencionado como "Momô".
Casal vinte buscar
Paulo Bernardo está na lista de Fachin, ao contrário de sua mulher senadora Gleisi Hoffmann (PT), que já é ré na Lava Jato.
Separados no berço 
O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB) figura na lista dos políticos a serem investigados, mas, surpresa, o irmão Geddel Vieira Lima, não.
Pensando bem...
...a regra, no Congresso, agora é: "todos são suspeitos até que a delação confirme a acusação".

Fonte: Claudio Humberto 

Nenhum comentário: