*

*

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

"Planalto aposta em 62 votos para sepultar Dilma"



Ministros do núcleo do governo Temer contam com até 62 votos no julgamento final do impeachment de Dilma Rousseff, no Senado. O placar da pronúncia do afastamento, semana passada, já atingiu 59 votos. Eliseu Padilha (Casa Civil), que acertou os placares na Câmara e no Senado, é um dos mais otimistas ministros: espera 61 votos. Já no lado que apoia Dilma, não espera-se nem os 21 votos da pronúncia.
Ela não
Único voto no PMDB considerado "irrecuperável" para governistas é o da ex-ministra ruralista Kátia Abreu, neopetista que renega as origens.
É mínimo
O senador Ronaldo Caiado (GO), líder do DEM no Senado, acredita que os votos pró-impeachment chegarão a 60 no julgamento final.
Carta inútil
Lula e os petistas estão céticos em relação à carta de Dilma, recheada de promessas, para o caso de retomar o cargo.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: