Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Feira de Santana vai exportar aviões para o mundo





José Ronaldo e Tarcízio Pimenta visitam instalações da Paradise







Até dezembro Feira de Santana estará exportando aeronaves para o mundo, através da fábrica de aviões Paradise, que acaba de transferir a sua sede de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, para novas e modernas instalações nas proximidades do Aeroporto João Durval Carneiro.
A Paradise Indústria Aeronáutica Ltda. é uma empresa de origem baiana e que tem como sócios os empresários Noé de Oliveira Souza, Paulo Régis Oliveira (diretor do grupo nos Estados Unidos), John Gardon e John McConnell, representantes da empresa na Austrália, mercado que, juntamente com a África, acaba de ser incorporado à lista de clientes da Paradise.
Nesta sexta-feira, 31, o prefeito José Ronaldo de Carvalho e o prefeito eleito Tarcízio Pimenta estiveram visitando as instalações da Paradise, acompanhados do vice-prefeito Antônio Carlos Borges, presidente do Centro das Indústrias de Feira de Santana (Cifs) Luiz da Costa Neto, vice-prefeito eleito Paulo Aquino e João Batista Cruz, secretário municipal de Comunicação Social.
A vinda desta indústria de ponta para Feira de Santana deveu-se à vocação expansionista da montadora, atraída pela perspectiva de ampliação das suas instalações e pelo aquecimento do parque industrial da cidade, que também já possibilitou a implantação de várias indústrias de porte, a exemplo da Nestlé e da fábrica de pneus Pirelli - empresas multinacionais que se encontram entre as principais vitrines do Centro Industrial do Subaé (CIS).
A Paradise terá capacidade instalada para produzir oitoaeronaves por mês, e está investindo um capital em redor de R$ 1 milhão. Da sua linha de montagem, considerada de avançada tecnologia, somente encontrada nas maiores e melhores aeronaves do mundo, serão produzidos aviões ultraleves para dois lugares, modelo P-1, e o P-4, experimental para quatro lugares com capacidade tecnológica para sobrevoar, sem restrições, todo o território nacional.
Os equipamentos são homologados nos Estados Unidos, o que credibiliza os aviões a serem comercializados em todo o mundo. A localização geográfica do município, bem como a disponibilização de recursos operacionais, também foram fundamentais à decisão do grupo para aqui se instalar. A Paradise é considerada uma das principais indústrias aeronáuticas do país, ao lado da Embraer.
ABASTECIMENTO
Feira de Santana se encontra na rota da malha W-20, que liga o Nordeste ao Sul do país. Além disso, o Aeroporto João Durval Carneiro já está equipado com um posto de abastecimento de combustível para as aeronaves, com fluxo de até sete aviões por dia aterrissando para este fim.
Para o prefeito José Ronaldo de Carvalho, a vinda definitiva da Paradise para Feira de Santana marca uma nova fase da produção industrial. "É uma empresa que tem muito a somar, dentro do processo de modernização do nosso parque fabril, levando para o mundo o conhecimento de Feira de Santana com a produção de aviões de qualidade e, também, como empresa de ponta, devendo atrair outras empresas para a cidade", ressaltou.
NOVA ERA
"Definitivamente entramos na era de captação de importantes empresas que projetam a cidade e geram importantes recursos, além de emprego e renda, fortalecendo o nosso aeroporto, que também tem capacidade para abrigar, futuramente, empresas de táxi-aéreo, já que dispomos de posto de combustíveis e oficina para a manutenção das aeronaves", destacou Tarcízio Pimenta.
(Com informações de Jorge Magalhães e foto de ACM)

Nenhum comentário: