Venda antecipada de ingresso no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada de ingresso no Orient Cineplace Boulevard

Lançamento nacional dia 31

Lançamento nacional dia 31
No Orient Cineplace Boulevard

No Orient Cineplace Boulevard

No Orient Cineplace Boulevard

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Museu do Cinema em Cachoeira pode fechar por falta de verba


Cineasta Roque Araújo
Foto: Reprodução

O cineasta Roque Araújo, guardião maior da memória do cinema baiano, usou as redes sociais para falar sobre o fechamento do Instituto Roque Araújo de Cinema e Audiovisual (IRA), o Museu do Cinema, instalado no Patrimônio Nacional de Cachoeira. Segundo ele, a instituição fechou as portas por falta de apoio da Prefeitura local, que deixou de contribuir para a manutenção do espaço. "Sem continuidade do contrato de parceria firmado pela Prefeitura de Cachoeira, o instituto deve fechar", disse.
Roque contou que ele mesmo vem custeando tudo, mas não conseguirá manter isso por mais tempo: "Ultimamente, eu estou pagando funcionário com o meu dinheiro, pago minha passagem para lá, a hospedagem e a alimentação. Estou fazendo um trabalho para o benefício da cidade e não tenho suporte nenhum. Eu poderia ter colocado o museu em qualquer outra parte do Brasil, podia ser no Rio, em São Paulo, tive vários pedidos para levar para lá. Eu preferi a Bahia porque sou baiano e quis que os baianos tivessem o único museu específico de cinema e audiovisual", desabafou.
O espaço, que já recebeu em três anos quase 50 mil visitantes de vários países, funciona diariamente das 9 às 12 e das 14 às 17 horas. Em vídeo publicado no Facebook, o cineasta, que também é coordenador do Núcleo de Apoio à Produção da Diretoria de Audiovisual (Dimas), pede pouca coisa: "Preciso de duas funcionárias, minha hospedagem na cidade, reposição de lâmpadas queimadas, água e material de limpeza. São as únicas exigências".
Ainda segundo ele, o único apoio que o museu vem recebendo é o do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), que em seu imóvel onde funcionava uma galeria de arte no Centro Histórico de Cachoeira, abriga o funcionamento do Museu com a exposição permanente de 900 peças raras de equipamentos cinematográficos. 
"SALVE O MUSEU DE EQUIPAMENTOS CINEMATOGRÁFICOS INSTALADO EM CACHOEIRA"; "CACHOEIRA VAI PERDER O MAIOR MUSEU DE EQUIPAMENTOS CINEMATOGRÁFICOS DO BRASIL", escreveu ele.
Fonte: http://bahia.ba/entretenimento

Nenhum comentário: