*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

terça-feira, 29 de julho de 2008

Miudinhas de Tasso Franco

Deu no "Bahia Já":
1. Ao final do primeiro ano de mandato, o governo da Bahia anunciou na sua propaganda na televisão e em outdoor que havia recuperado 5 mil quilômetros de estradas. Muita gente achou estranho o número, pois seria um resultado excepcional para tão pouco tempo de gestão.
2. Pois bem, nos anúncios de agora, com um ano e meio de mandato, o número de estradas recuperadas caiu para 1 mil. Veja bem, eram 5 mil no primeiro ano e com mais seis meses o número total passou a ser cinco vezes menor.
3. O mesmo acontece com habitação, quando foi anunciada a implantação de 20 mil novas residências - misturando os programas antigos às autorização de construção, mas a propaganda de agora paresneta um número bem mais modesto - 6 mil habitações. Nesse caso há a ressalva que se fala em casas "entregues".
4. O governador e sua chefe da Casa Civil anunciaram que 60% das obras do PAC estão em andamento e 28% em licitação, com um investimento total de R$ 1,98 bilhão. Porém, ao lançar as obras, o presidente Lula disse que seriam investidos R$ 20 bilhões do PAC na Bahia - número esse que aparece inclusive na entrevista de hoje de Lula em A Tarde.
5. Quer dizer que menos de 10% dos recursos disponíveis do PAC foram de fato investidos em um ano e meio de governo. Esse número de 60% deve significar, na melhor das hióteses para o governo estadual, que 60% das obras do PAC na Bahia foram iniciadas. Ou então é mais uma jogada de marketing para evitar que Lula voltasse agora a cobrar mais agilidade do governo baiano.

Nenhum comentário: