*

*

*

*

sábado, 29 de julho de 2017

Conclusão de obra em troca de honraria?

Cada dia um argumento mentiroso para explicar o inexplicável

Uma questão. Para a conclusão das obras do Teatro e Centro de Convenções de Feira de Santana, que os governos petistas pararam há mais de 11 anos, será preciso que a Câmara Municipal conceda título de cidadania ao governador?
É que das mãos do vereador Jairo Araújo (PC do B), o governador Rui Costa (PT) recebeu, na noite de sexta-feira, 28, o Título de Cidadania Itabunense. A solenidade ocorreu no salão nobre da AABB Itabuna, onde também o governador e outras personalidades receberam a Comenda Firmino Alves das mãos do prefeito Fernando Gomes (Democratas).
Após receber a comenda e o título de cidadão, Rui Costa assinou convênio que permite ao Estado repassar R$ 24 milhões ao Município para a conclusão das obras do Centro de Convenções e o Teatro Municipal.
Ainda de acordo com Rui, a Prefeitura licitará a obra, parada desde outubro de 2006, quando o então governador Paulo Souto (Democratas), foi derrotado e o governador Jaques Wagner (PT) paralisou a obra. 
Sabe-se que com cerca de R$ 12 milhões as obras de Feira de Santana podem ser concluídas, mas falta vontade política ao governo petista. E a cada dia um argumento mentiroso para tentar explicar o porque da não conclusão.

Um comentário:

Fabian Araujo disse...

Feira, eu te conheço, Feira.
Uma vergonha nossa cidade não ter um centro de convenções, que iria contribuir para os diversos setores, gerando empregos.