Em quarta semana no Orient Cineplace

Em quarta semana no Orient Cineplace
Horários: 13h50 e 18h50

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

"Suma daqui"



Ex-presidente da Petrobras, Sérgio Gabrielli tem cumprido à risca as ordens de Lula, por quem foi orientado a sumir do mapa durante as eleições na Bahia. Pegam mal os escândalos que ele protagonizou. 
Fonte: Cláudio Humberto


Mais quatro comendadores e 46 oficiais na Ordem do Mérito

O Conselho da Ordem Municipal do Mérito de Feira de Santana admite para integrar a Ordem as seguintes pessoas: Bruno Dantas Nascimento, Dinalva Gomes Laranjeira Pimentel e Paulo Sérgio Brito Santos, no grau de Comendador; mais Álvaro Constantino Sant’Anna Neto, Alpiniano Reis Oliveira Filho, Amon Pereira Gomes, Ana Maria Cerqueira, André Luiz Cerqueira de Almeida, Anilson Santana Melo, Antonio Carlos Bastos de Magalhães, Antonio Carlos Silva Amorim, Antonio Evaldo Barboza Machado, Antonio Jorge Sena dos Anjos, Antonio José Santiago Lima, Arivaldo Lima Rios, Dorean dos Reis Soares, Edmilson Assis de Oliveira, Edmilson Silva de Amorim, Edval Gomes dos Santos Júnior, Fábio Silva Moraes, Gilberto Campos Ferreira, Gil Eanes Rios de Carvalho, Indiacira Gomes Boaventura, Jadson Magalhães Limeira, Joedilson Machado de Freitas, José Cícero Silva,José Guedes Almeida dos Santos, Joselito Ferreira Batista, José Rogério Silva Santana, Luiz Humberto Horcades Simon, Luiz Ivan dos Santos Silva, Márcio André Ferreira da Silva, Maria Aparecida Moraes Falcão, Maria Eunice de Macedo, Maria de Lourdes da Rocha Santos, Maria Lucia Cardoso Evangelista, Maria Lúcia de Santana Gutemberg, Paulo Cézar Barreto Carneiro, Paulo Sergio Bindá Castelo Branco, Paulo Sergio Coutinho de Freitas, Pedro Barros de Freitas, Péricles das Mercês Marques, Raimundo Ferreira Ramos Júnior, Roberto Luiz de Cerqueira Lima, Seilma Maria Sousa Marques, Ubirandi Tavares de Albuquerque, Valdi Cerqueira Dias, Waldécio dos Santos Vita e Washington Almeida Moura.
A entrega da honraria se dará na noite de quinta-feira, 18 de setembro, Dia Cidade.

Deu em Claudio Humberto


domingo, 14 de setembro de 2014

Ação Social com comunidade de Feira de Santana é exemplo de boas práticas do Instituto Ethos



A Associação Bairro Sustentável (ABS) da Damha Urbanizadora acaba de entrar no banco de boas práticas do Instituto Ethos na categoria Comunidade e Sociedade. A ABS atua desde 2011 no entorno das comunidades em que a Damha está inserida. O case que serviu de inspiração como experiência bem-sucedida na área de responsabilidade social foi a atuação da empresa na comunidade São Francisco de Assis, localizada em Feira de Santana. "Toda intervenção começa a partir de um diagnóstico local e a aproximação com os líderes da comunidade. Buscamos entender as prioridades para traçar as melhorias em cada local", conta a presidente da Associação Bairro Sustentável, Fernanda Toledo.
Com o mapeamento das necessidades da região, a empresa promoveu um mutirão. O primeiro deles contou com 100 voluntários e teve como resultado o levantamento das grades no entorno da igreja e o assentamento do piso da Escola Municipal São Francisco de Assis.  Na segunda fase, a ABS colaborou para a troca de janelas e portas, além de realizar as pinturas externa e interna da escola. A praça de convívio foi outro espaço que também recebeu reformas, como a manutenção dos pisos, sala de aula ao ar livre, ajardinamento, rampa de acessibilidade, bancos e meio fio
Atuação na Bahia - A Damha Urbanizadora chegou na Bahia em 2013 com dois lançamentos em Feira de Santana, a 108 km da capital Salvador, que foram sucesso de vendas. A empresa também prevê um investimento de R$ 235 milhões para Camaçari. Na cidade seus empreendimentos serão construídos em uma área de 3 milhões de m², na região Sul da cidade, próxima à Via Parafuso.
(Com informações de Katja Polisseni, da A&G Plus Comunicação)

Deu em Claudio Humberto


sábado, 13 de setembro de 2014

"O dia em que Marina chorou. Ou: Indústria de mentiras do PT pode fazer de Marina uma poderosa vítima; o tiro ainda sairá pela culatra"



Por Reinaldo Azevedo
Marina Silva chorou. É o que informa reportagem de Marina Dias, da Folha. Está inconformada com os ataques que estão sendo feitos pelo PT e, em particular, por Lula. Numa conversa com a repórter, no banco de trás do carro que a transportava para um hotel no Rio, na noite de quinta, afirmou emocionada: "Eu não posso controlar o que Lula pode fazer contra mim, mas posso controlar que não quero fazer nada contra ele. Quero fazer coisas em favor do que lá atrás aprendi, inclusive com ele, que a gente não deveria se render à mentira, ao preconceito, e que a esperança iria vencer o medo. Continuo acreditando nessas mesmas coisas".
Pois é… Marina está experimentado o que é virar alvo de difamação de uma máquina que ela própria ajudou a construir e à qual serviu durante tanto tempo, inclusive como ministra. Não custa lembrar que os petistas não mudaram os seus métodos. Seguem sendo os mesmos. Eles só se tornaram mais virulentos porque são, agora, muito mais poderosos.
Marina tem motivos para reclamar. Se, como sabem, tenho enormes reservas à forma como conduz a sua postulação, é evidente que está sendo vítima de uma campanha de impressionante sordidez. Afirmar, como faz o PT, que a independência do Banco Central iria arrancar comida da mesa do brasileiro é coisa de vigaristas. Sustentar que Marina, se eleita, vai paralisar a exploração do pré-sal - como se isso dependesse só da vontade presidencial - e tirar R$ 1,3 trilhão da educação é uma formidável mentira.
Fazer o quê? Os companheiros nunca tiveram limites e sempre se comportaram, já afirmei isto aqui muitas vezes, como uma máquina de sujar e de lavar reputações. Podem lavar a biografia do pior salafrário se este virar seu aliado - e isso já aconteceu. E podem manchar a história de uma pessoa honrada se considerarem que virou uma inimiga.
Marina recorre ao passado: "Sofri muito com as mentiras que o Collor dizia naquela época contra o Lula. O povo falava: 'Se o Lula ganhar, vai pegar minhas galinhas e repartir. Se o Lula ganhar, vai trazer os sem-teto para morar em um dos dois quartos da minha casa'. Aquilo me dava um sofrimento tão profundo, e a gente fazia de tudo para explicar que não era assim. Me vejo fazendo a mesma coisa agora".
Pois é… Hoje, Lula é o Collor da vez, e aquele Collor de antes é agora um aliado deste Lula. Assim caminham as coisas.
Não sei, não… Acho que o PT pode estar exagerando na dose. A pauleira é de tal sorte que Marina já está no ponto para se transformar numa poderosa vítima. Até porque os companheiros decidiram deixar de lado razões plausíveis para combatê-la e resolveram investir, de fato, na indústria da mentira, do preconceito e do medo.
O tiro pode sair pela culatra.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

Agenda de Paulo Souto neste domingo


O candidato a governador Paulo Souto (Democratas), da coligação "Unidos Pela Bahia", vai a Sítio do Quinto, Adustina, Monte Santo, Cansanção, Queimadas, Retirolândia e Conceição do Coité, neste domingo, 14.
A jornada começa às 9 horas, quando fará visita ao santuário de Santa Cruz do Serrote em Sítio do Quinto. Depois, Paulo Souto vai a Adustina, Monte Santo e Cansanção.
Pela tarde, às 16 horas, o candidato discursa em Queimadas e segue para Retirolândia. Paulo Souto encerra suas atividades políticas em Conceição do Coité, onde haverá comício, a partir das 18 horas.
(Com informações de 25agendapaulosouto@gmail.com)

"A SORDIDEZ DA CAMPANHA PETISTA E UM EXEMPLO DA 'MÍDIA' CONTROLADA PELOS COMPANHEIROS"



Por Reinaldo Azevedo
A VEJA desta semana traz uma reportagem com o elenco das formidáveis mentiras e difamações que o PT está levando ao horário eleitoral gratuito. Abaixo, reproduzo a "Carta ao Leitor", que traz uma reflexão adicional importantíssima. Dados os 12 minutos e 24 segundos que o partido tem à sua disposição, a gente entende como seria a “mídia socialmente controlada”… pelos companheiros.
Leiam!


Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

"Dinheiro sujo de campanha segue por estradas"



A apreensão pela Polícia Rodoviária Federal de R$ 180 mil com o motorista do senador Welington Dias (PT-PI), em Barreira (BA), acendeu a luz vermelha no Tribunal Superior Eleitoral. Diante do rigor da fiscalização nos aeroportos, os políticos estão usando as estradas para circular dinheiro de "caixa 2". O TSE deve pedir blitzen frequentes nas rodovias que saem de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.
Flagrante histórico
O submundo evita avião na circulação de "caixa 2" desde a prisão do assessor do deputado José Guimarães (PT-CE) com dólares na cueca.
Reação de sempre
O senador petista Welington Dias negou que o dinheiro apreendido fosse dele, e ainda insinuou que era do humilde funcionário.
Suspeita boba
Wellington Dias culpou o atual governador do Piauí, Zé Filho, pelo vazamento da apreensão do dinheiro. Mas a imprensa é que descobriu.
Venceu a informação
O ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) não gostaria de ver vazadas as imagens do dinheiro apreendido com o motorista do senador Wellington Dias (PT-CE), mas o fotógrafo Jadiel Luiz, do blog de Sigi Vilares, de Luis Eduardo Magalhães (BA), foi mais rápido.


Fi*!pqp#&!!
Dilma reagiu de forma impublicável à notícia da apreensão de dinheiro com o funcionário do PT. As orelhas de Wellington Dias arderam.                         Fonte: Cláudio Humberto

Deu em Claudio Humberto


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

A incrível a decisão do Concine em denegar o certificado de produto brasileiro ao filme "Ser Tão"



Em 1980, o filme "Ser Tão", de José Umberto - que foi digitalizado pela Fundação Senhor dos Passos, através do Núcleo de Preservação da Memória Feirense, e será lançado em coletânea de DVDs "Fragmentos da História de Feira de Santana" -, realizado um ano antes, teve Certificado de Produto Brasileiro negado pelo Conselho Nacional de Cinema (Concine). Então, o cineasta apelou ao ministro da Educação Eduardo Portella, no sentido de que aquela autoridade examinasse a obra fílmica pessoalmente, pois refutou a resolução Concine 52/1980. "Peço que V. Excia. apure o significado da questão e, se possível, assista ao filme para obter uma clareza de situação".
No item 3 do parágrafo IV dessa resolução, constava que "a obra necessita versar tema objetivamente vinculado à realidade brasileira, de natureza cultural, técnica, científica ou informativa".
Como assistente de direção do filme, Dimas Oliveira considerou em matéria publicada no jornal "A Tarde" que "é realmente incrível a decisão do Concine em denegar o certificado de produto brasileiro ao filme 'Ser Tão' - também a 'Cantos Flutuantes', outro filme de José Umberto realizado no mesmo ano". "Somente se pode acreditar em discriminação contra o cinema do Nordeste, porque não se pode imaginar incompetência ou burrice dos membros da comissão. Ou será que pode? É de ficarmos pasmos com tal decisão, que tem que ser revogada".
José Umberto, na mesma matéria, completa esse raciocínio, quando questionou se "a cultura popular sertaneja não estaria vinculada à realidade brasileira?".
Em sua coluna na "Tribuna da Bahia", o crítico André Setaro considerou que "a recusa, aparentemente, é inexplicável. O que pensar então? Picaretagem de grupo? Claro e evidentemente que sim!".
Disse mais Setaro: "Um escândalo que vem ocorrendo nesse Departamento da Embrafilme. Um basta faz-se mister. Os responsáveis pela política cultural (?) do cinema brasileiro estão, na verdade, cooptando com a safadeza, a mesquinharia e a picaretagem".
"Sertão" é um documentário poético em torno do belíssimo mural do pintor Lênio Braga, instalado no Terminal Rodoviário de Feira de Santana. "É um filme sobre a beleza do imaginário da cultura popular sertaneja, através seus poetas de cordel e repentistas", considera José Umberto.

82% dos brasileiros consideram importante ter o "nome limpo", mas 40% não fazem planejamento.



64% dos entrevistados já pagaram alguma conta atrasada,
apurou o Serviço de Proteção ao Crédito
Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pelo portal de educação financeira "Meu Bolso Feliz" nas 27 capitais descobriu que grande parte dos brasileiros reconhece a importância de manter as contas em dia. Dentre os consumidores entrevistados, 82% consideram que ter o "nome limpo" é um dos bens mais preciosos que uma pessoa pode ter. Apenas 6% disseram não se importar em ter o CPF negativado.
No entanto, apesar da aparente preocupação da maior parte da população, uma outra parcela significativa dos brasileiros admite assumir atitudes arriscadas. Seis em cada dez entrevistados (64%) reconhecem que já pagaram, pelo menos uma vez em suas vidas, alguma conta atrasada, ao passo que 17% nunca o fizerem. Já o hábito de fazer um planejamento financeiro não é prática corriqueira para pelo menos 40% dos entrevistados.
Outro dado que acende o sinal de alerta é que 14% da amostra confessou ter o costume de deixar de pagar algum compromisso financeiro para utilizar o dinheiro na aquisição de um produto que desejam ter, mesmo que sem necessidade.  
Para o educador financeiro José Vignoli, do portal "Meu Bolso Feliz", o segredo para uma vida financeira saudável é praticar atitudes conscientes e saber quais são os limites do próprio bolso. "Planejamento é fundamental. Quem lida com o orçamento de forma mais organizada, pensa antes de gastar e não entra em armadilhas. Com atitudes assim, fica mais fácil manter o nome limpo", comenta. 
Os economistas do SPC Brasil reforçam que estar com o CPF negativado acarreta uma série de dificuldades na vida particular e profissional dos consumidores, como estar impedido de realizar compras parceladas ou abrir contas em banco, enfrentar barreiras na hora de financiar um carro ou a casa própria e até mesmo conseguir uma recolocação no mercado de trabalho.
Dez dicas para manter o "nome limpo"
Confira 10 dicas que os especialistas do "Meu Bolso Feliz" dão para o consumidor manter o "nome limpo" e continuar consumindo da maneira saudável:
1. Seja organizado. Faça uma planilha e anote todos os gastos mensais fixos, como água, luz, telefone, aluguel, condomínio, alimentação, escola, entre outros. Não se esqueça de incluir os gastos extras e supérfluos;
2. Dê previsibilidade aos seus gastos. Faça o cálculo do quanto você ganha, subtraindo as contas que são essenciais. Desse modo, você já começa a ter uma noção do quanto tem de dinheiro para gastar com as coisas que gosta e poupar pensando no futuro;
3. Seja prudente. Reflita se os seus gastos são de fato necessários e avalie o que pode ser adiado ou até mesmo cortado da lista de compras;
4. Tenha zelo pelo seu nome. Nunca empreste seu CPF para terceiros realizarem compras e não permita que outra pessoa, mesmo que seja parente próximo ou amigo, use seu cartão de crédito. Ao assumir a divida de terceiros, por ingenuidade, falta de cuidado ou por uma simples gentileza, a pessoa passa a arcar com todas as consequências, caso o tomador do nome emprestado não consiga honrar o compromisso assumido. Você pode perder não só o dinheiro como a amizade.
5. Tenha um bom controle das datas que vencem seus compromissos financeiros. Ao utilizar cheques, por exemplo, verifique se sua conta tem fundos suficientes para cobrir o valor da folha. O mesmo cuidado serve para os cheques pré-datados na data marcada para o depósito;
6. Faça um uso inteligente do cartão de crédito. Nunca exceda o seu limite, pois isso gera a cobrança de taxas extras. O cartão de crédito pode ser útil para momentos de emergência;
7. Pague sempre suas contas em dia, pois isso evita a cobrança de juros. Poucos dias de atraso podem representar multas aparentemente pequenas, mas se você juntar várias contas, o valor desembolsado pode assustar;
8. Não tenha medo de pedir uma renegociação. É possível conseguir bons resultados como reduzir o tamanho das prestações, obter juros menores e prazos mais alongados. Se a intenção do consumidor for pagar a dívida atrasadas a vista, é possível até pedir um desconto no valor total. Além disso, é necessário que o consumidor mantenha a disciplina e não assuma novas dívidas enquanto estiver pagando as prestações atrasadas.
9. Evite surpresas desagradáveis. Caso mude de residência, informe imediatamente o seu novo endereço aos seus credores. Dessa maneira, você evita a perda de faturas e recebimentos com atraso, sendo obrigado a pagar juros e multas desnecessárias que encarecem ainda mais a dívida;
10. Resista às tentações das propagandas e não insista em manter um estilo de vida que não combina com a sua renda. Cuidado com o poder que fatores psicológicos exercem sobre você. Por uma questão de expressão social, algumas pessoas compram descontroladamente apenas para impressionar a família, os amigos e até mesmo para compensar frustrações. Sem planejamento, essas pessoas adquirem produtos supérfluos e acabam se endividando excessivamente.
Fonte: SPC Brasil
Enviado por Silvana Ferraz, da Assessoria de Comunicação da CDL

ABRH Bahia sorteia inscrições para o 9º Congresso de Gestão de Pessoas



Interessados em concorrer a inscrições para o IX Congresso de Gestão de Pessoas, evento promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos - Seccional Bahia, nos dias 25 e 26 de setembro, poderão participar do sorteio até o dia 23 de setembro. Para concorrer, basta curtir a página da ABRH Bahia no Facebook (facebook.com/abrhbahia), clicar na aba "Promoções" (lado esquerdo) e depois em "Quero participar".
O evento, o mais importante do setor de Recursos Humanos do Norte e Nordeste, será realizado no Bahia Othon Palace Hotel, em Salvador. Com uma extensa programação, o Congresso debaterá assuntos acerca do tema "Gestão de Pessoas: Passado, Presente e Futuro... Onde Queremos Estar e Quem Queremos Ser nos Próximos 25 Anos?", com especialistas de diversas partes do Brasil, e irá comemorar, também, os 25 anos da ABRH Bahia.
Em paralelo ao IX Congresso Gestão de Pessoas, a ABRH Bahia realiza ainda a Expo RH 2014, maior feira de produtos e serviços em recursos humanos do Nordeste, que oferece aos seus visitantes palestras abertas e gratuitas, com programação elaborada por um comitê técnico específico, composto por experientes profissionais dos vários segmentos de RH. Os participantes terão direito a certificado de participação em cada atividade. Para participar das atividades gratuitas, os interessados deverão preencher um formulário no site da ABRH Bahia (www.abrhba.org.br).
A programação completa, inscrições e outras informações podem ser encontradas no site, ou através dos telefones (71) 3341-0877/0820.
(Com informações de Igor Leonardo, da Assessoria de Imprensa)

Trailer de "Caçada Mortal"



Assista ao trailer
Baseado na série de livros de mistério campeã de vendas de Lawrence Block, o filme de suspense "Caçada Mortal" (A Walk Among the Tombstones), escrito para o cinema e dirigido por Scott Frank, é estrelado por Liam Neeson como Matt Scudder, um ex-policial de Nova York que trabalha como detetive sem licença e atua à margem da lei. Quando ele relutantemente concorda em ajudar um traficante de heroína (Dan Stevens) a encontrar os homens que raptaram e depois assassinaram brutalmente sua esposa, ele fica sabendo que não é a primeira vez que esses homens haviam cometido este tipo de crime hediondo e nem será a última. Misturando o certo com o errado, Scudder parte para localizar os marginais nas ruas da cidade de Nova York antes que eles matem de novo. Ainda no elenco, David Harbour e Boyd Holbrook. Tem lançamento no Brasil marcado para o dia 4 de dezembro.
(Com informações de Gláucia Zachariadhes, Atendimento Disney, de Selma Santos Produções e Eventos)

"PT agora diz que vai processar Marina. É piada de partido autoritário!"



Por Reinaldo Azevedo
É o fim da picada! O PT decidiu partir com uma violência contra Marina Silva que, em certa medida, jamais empregou nem contra adversários tucanos em disputas presidenciais: Serra, Alckmin e Aécio. O partido diz que vai apresentar ao Ministério Público Eleitoral uma representação criminal, acusando Marina, candidata do PSB à Presidência, de "difamação". Por quê? Porque, em sabatina no Globo, Marina afirmou que o partido colocou por 12 anos um diretor para assaltar os cofres da Petrobras. Ela se referia, claro, a Paulo Roberto Costa.
Pois é… Difamação? Que Costa tenha assaltado os cofres da Petrobras, eis uma afirmação que é matéria de fato, não de opinião. Ele mesmo confessa num processo que envolve delação premiada - e o prêmio só virá se apresentar evidências do que diz.
É impressionante que o partido que acusa a adversária de tentar roubar a comida do prato dos brasileiros e de ameaçar tirar da educação R$ 1,3 trilhão - mentiras assombrosas - queira um processo contra essa mesma adversária porque afirmou que o partido pôs um assaltante numa diretoria da Petrobras.
Quem nomeou Paulo Roberto? A direção da empresa, controlada pelo PT. No cargo, eles fez o quê? Assaltou os cofres da Petrobras.
O PT sabe que esse tipo de coisa não dá em nada, mas está fazendo firula para ganhar o noticiário. Tudo compatível com um partido que cria lista negra de jornalistas, que pede a cabeça de funcionários de bancos, que tenta censurar textos de consultoria e que moveu uma ação de queixa-crime contra um economista porque não gosta de sua opinião.
O mundo ideal do petismo é uma ditadura onde não há contestação.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

"Os absurdos da fala de Dilma na entrevista ao Globo"



Por Reinaldo Azevedo
A presidente Dilma Rousseff disputa um segundo mandato, como sabemos, mas ainda dá mostras de primarismo no trato com a coisa pública. Na entrevista concedida ao Globo nesta sexta, ela afirmou, claro!, que desconhecia a roubalheira que estava em curso na Petrobras. Reafirmou, para o espanto de qualquer pessoa lógica, que a empresa dispõe de mecanismos de controle para se prevenir de larápios. E continuou a afrontar o bom senso. Leiam o que ela disse:
"Há corrupção em todas as empresas públicas ou privadas. A Petrobras tem órgãos internos e externos de controle. Mas quem descobriu foi a Polícia Federal. Se eu tivesse sabido qualquer coisa sobre o Paulo Roberto, ele teria sido demitido e investigado. Eu tirei o Paulo Roberto com um ano e quatro meses de governo. Eu não sabia o que ele estava fazendo. Eu tirei, porque não tinha afinidade nenhuma com ele."
Então vamos quebrar essa fala absurda em miúdos. Sim, pode haver corrupção na empresa privada também. Ocorre que, nesse caso, o prejuízo é do dono, não do público. Quando descoberto, o sujeito perde o emprego e pode ir preso. Em estatais, o bandido pode ser promovido.
Se, com órgãos internos e externos de controle, a enormidade aconteceu, somos obrigados a concluir que os larápios já andaram mais depressa e aprenderam a driblá-lo. Logo, esses mecanismos estão atrasados e são ineficientes.
Mas ainda não chegamos ao pior. Dilma afirmou que demitiu Paulo Roberto porque faltava afinidade entre ambos. Ainda bem! Afinidade houvesse, ele teria continuado lá por mais tempo, roubando mais, não é?
Eis o problema da Petrobras e de todas as estatais: seus comandantes são escolhidos ou se mantêm no cargo em razão da afinidade com os poderosos de plantão. Segundo o raciocínio de Dilma, estivesse no posto um homem probo e competente, teria ido para a rua do mesmo jeito. Por quê? Ora, por falta de afinidade.
Como é que a maior empresa pública do país pode estar sujeita ao gosto pessoal do governante de turno? Ao tentar se livrar de qualquer responsabilidade por tudo o que se deu na empresa, Dilma assumiu culpas novas e expôs as piores entranhas do estatismo.
Para encerrar, esta mesma presidente deu a Nestor Cerveró, que ela diz ser o principal responsável pelo imbróglio de Pasadena, um empregão: diretor financeiro da BR Distribuidora. A sua fala não para em pé, presidente!
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

"Joaquim decide ganhar a vida como palestrante"


Ministro aposentado no Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa resolveu fixar residência em Brasília. Alugou apartamento na Asa Sul e fechou acordo com empresa agenciadora para faturar com palestras. Não pretende advogar, mas a amigos admite elaborar pareceres em sua área, Direito Público. Tampouco planeja ingresso na política, apesar de boas chances de eleger-se senador pelo DF, em 2018.
Estreia dia 19
A estreia de Joaquim Barbosa como palestrante profissional será na Unisul, universidade em Tubarão (SC), no próximo dia 19.
Cachê secreto
Joaquim vai falar em Tubarão sobre "O Poder e a Ética no Brasil Atual". Mas a Unisul não revela o cachê que o ministro aposentado receberá.
Fonte: Cláudio Humberto
Blog Demais completa: No dia 27 deste mês, às 19 horas, no Olimpo, Joaquim Barbosa palestra sobre "Ética e Poder", no I Encontro de Notáveis.

No final dos anos 80

Assim era a marca da coluna "De Mais", em 1989.

Na foto (de Waldenir Lima), aparecem Yêdamaria, Denise Pitágoras, Márcia Magno, Ana Rosário, Graça Ramos e Nanja, seis das "Oito Mulheres", exposição na Galeria de Arte Raimundo de Oliveira.

Mentira com fins eleitoreiros

No voo inaugural da Azul Linhas Aéreas, no Aeroporto João Durval Carneiro, em Feira de Santana, na tarde de quarta-feira, 10, o governador Jaques Wagner (Foto: Jorge Magalhães) fala em frente ao banner com a frase "Voo inaugural Feira de Santana/ Confins".

Uma mentira oficial, com fins eleitoreiros. Pela divulgação do próprio governo petista, o voo realizado foi de Salvador a Teixeira de Freitas e depois desta cidade a Feira de Santana.

"PT não fala mais em privatização da Petrobras porque privatizada ela já está: pelo PT, PMDB e PP. A mentira da hora diz respeito ao pré-sal"



Por Reinaldo Azevedo
Em 2002, 2006 e 2010, o PT inventou que os tucanos haviam querido - e quereriam ainda - privatizar a Petrobras. Alguma evidência, algum documento, alguma fala oficial de governo, alguma proposta que apontasse para isso? Nada! Nem um miserável papel. A maior evidência de que dispunham era um estudo encomendado para mudar o nome da empresa para Petrobrax. Uma burrice? Sem dúvida! Privatização? É piada! Tratava-se apenas de uma mentira de cunho terrorista - já que o partido sabia que a população brasileira, na sua maioria, infelizmente, se oporia à ideia. Este nosso povo bom prefere uma estatal lotada de larápios, roubando dinheiro para si e para seus respectivos partidos, a uma empresa privada que funcione bem, sem assaltar o nosso bolso. O gosto de um povo costuma ser o seu destino.
Lembro, só para ilustrar, que, às vésperas do segundo turno da eleição de 2010, José Sérgio Gabrielli - um dos principais responsáveis pela compra desastrada da refinaria de Pasadena -, então presidente da estatal, concedeu uma entrevista à Folha em que afirmou que o governo FHC havia tomado medidas em favor da privatização. Não apresentou uma só evidência, é claro!, porque se tratava apenas de uma mentira. Privatizada, como vimos, de fato, a Petrobras já está, o que não é segredo para ninguém. As evidências que vêm à luz a cada dia ilustram o descalabro.
Pois bem! Neste 2014, falar que estão querendo privatizar a Petrobras não chega a ser uma coisa exatamente popular. A empresa está mais nas páginas de polícia do que nas de economia, não é mesmo? Privatizada, ela já está. Como vimos, boa parte de sua operação pertence a companheiros do PT, do PMDB e do PP. Uma gangue agia dentro da empresa, em conexão com outra que, segundo Paulo Roberto Costa, atuava do lado de fora. Fica difícil convocar a população para a guerra santa em defesa de um nome que, infelizmente, acabou tão manchado.
Como é que o PT vai fazer, então? O partido não sabe fazer campanha eleitoral sem transformar seus adversários em satãs. Os petistas não conseguem entender o jogo político senão pela eliminação do outro. Não lhes basta simplesmente vencê-lo. Sem encontrar, antes como agora, verdades fortes o bastante em favor de si mesmos, então recorrem a mentiras contra seus oponentes.
Assim é com essa história absurda de que, se eleita, Marina vai tirar R$ 1,3 trilhão - sim, os desmandos da turma já atingiu a casa dos bilhões, e as mentiras, dos trilhões - da educação em razão da não-exploração do pré-sal. Esse é o terrorismo da vez. Moralistas como são, advertidos até internamente de que isso é forçar a barra, os chefões não se intimidaram. Como Dilma deu uma pequena reagida, e Marina, uma esmorecida, chegaram à conclusão de que esse é mesmo um bom caminho. Se eles não podem vencer com a verdade, indagam sem qualquer hesitação: "Por que não a mentira?"
Nesta quinta, em entrevista à Rede TV, Dilma culpou Marina, quando ministra do Meio Ambiente, pela demora nas licenças ambientais para obras de infraestrutura. É mesmo? Eu posso criticar algumas questões que a então ministra levantou ao longo do tempo sobre esta ou aquela obras, Dilma não! Ora, se ela criava dificuldades tecnicamente injustificadas e artificiais, por que não foi posta, então, fora do governo? Por que não se fez, então, o devido debate público? É que Lula gostava - e precisava - da "simbologia Marina".
No horário eleitoral gratuito, o PT demoniza empresários e banqueiros, apresentados como um bando de salafrários que se regozijam quando supostos inimigos do povo - sim, Marina é o alvo principal - aparecem combinando tramoias. É grotesco que, nestes dias, quando conhecemos a casa de horrores em que se transformou a Petrobras, o PT venha a público para atacar o setor privado.
Encerro com um dado: até há cinco dias, Dilma, a que aparece como a adversária de empresários cúpidos, havia arrecadado mais do que o dobro da soma de Aécio e Marina: R$ 123,3 milhões entre julho e agosto, contra R$ 42,3 milhões do tucano e R$ 19,5 milhões de Marina.
Essa é a cara deles. Essa é a moralidade deles.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

Feira nos anos 40

Praça Bernardino Bahia, nos anos 40.

Fonte: Facebook de Ruy Barcellos

Lançamento de obra de Ruy Espinheira Filho


"O fracasso da esquerda faz crescer a direita! No Brasil, em 2014, a direita passou de 39% para 45%"


Por César Maia
Quase sempre é assim.  Neste momento, na França de Holande, onde Marine Le Pen, da Frente Nacional, se tornou favorita numa eventual eleição presidencial. E da mesma forma no Brasil, onde o eixo deslocou-se da centro-esquerda/esquerda para a centro-direita/direita. É o que mostra pesquisa do Datafolha divulgada na Folha de SP (07).
Para chegar a essas conclusões, o Datafolha cruzou os dados de intenção de voto com informações colhidas num questionário que mede a inclinação ideológica de cada pessoa entrevistada. Os entrevistados são confrontados com afirmações antagônicas em 16 temas.  São perguntas que costumam demarcar bem diferenças entre os pensamentos de direita e de esquerda, como a influência da religião na formação do caráter e o entendimento sobre as causas da criminalidade, por exemplo.
Com base nos resultados, os eleitores são agrupados em alguma das cinco posições de uma escala ideológica (esquerda, centro-esquerda, centro, centro-direita e direita).
Com base nos dados da pesquisa anterior, é possível afirmar que, desde o fim do ano passado, o eleitorado brasileiro de direita e o de centro-direita cresceu. A direita passou de 10% para 13%. A centro-direita avançou de 29% para 32%. Obs: Na soma a direita passou de 39% para 45%.
Como a fatia do eleitorado de centro continua do mesmo tamanho (20%), quem diminuiu foram as esquerdas. As pessoas de centro-esquerda representavam 31%, agora são 28%. As de esquerda eram 10% em novembro de 2013, passaram para 7%. 
Obs: Na soma a esquerda passou de 41% para 35%. 
Exemplos: para 86%, acreditar em Deus torna as pessoas melhores, contra só 13% que concordam com a afirmação oposta. Para 82%, o uso de drogas deve ser proibido, ideia rejeitada por apenas 15%. Para 76%, adolescentes que cometem crimes devem ser punidos como adultosForam ouvidos 10.054 eleitores entre os dias 1º e 3 de setembro.
Fonte: "Ex-Blog do César Maia"

No portal da Anac nenhuma informação sobre voos



O governo petista já fez oba-oba com fins eleitoreiros realizando voo inaugural para divulgação das novas rotas da Bahia tendo como destino Feira de Santana e Teixeira de Freitas, na quarta-feira, 10.
Agora, aguarda que a Azul seja autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), órgão vinculado à Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, para iniciar os voos comerciais de Feira de Santana a Salvador. A previsão anunciada é no dia 28 deste mês.
Pelo que foi divulgado, o voo de Feira de Santana (FEC) para Salvador (SSA) e vice-versa, será às terças-feiras, quintas-feiras e domingos:
AZU 2708 - SSA - 14h38 – 15h25 FEC - ATR72 
AZU 2709 - FEC - 15h50 – 16h30 FEC - ATR72
No portal da Anac - http://www.anac.gov.br – nenhuma informação sobre a linha.

Charge de Sponholz


quinta-feira, 11 de setembro de 2014

"Os 3 passos de Satanás para calar a sua voz"


Por: Kyle Winkler
Tradução e versão: Carla Ribas 

Vivemos em tempos angustiantes. O apóstolo Paulo profetizou que nos últimos dias, as pessoas seriam "amantes de si mesmas, amantes do dinheiro... profanas... aborrecedores de Deus... mais amigas dos deleites do que amigas de Deus."
Ele continua mostrando que muitas serão caracterizadas por ter a aparência piedosa, mas negando o seu poder (2 Timóteo 3: 1-5)
São sinais dos tempos facilmente reconhecíveis. Vivemos em uma cultura mais cheia de lixo e perversão do que nunca. Crescem de forma desenfreada os relatórios de líderes ministeriais caindo por algum tipo de vício, como também muito e familiares. Possivelmente, mais do que qualquer outro momento da história recente, somos confrontados com a depravação da humanidade. Se não tomarmos cuidado, ela nos tornará céticos, ou pior ainda, essa cultura pode nos dessensibilizar  para as armadilhas do pecado, tornando-nos suscetíveis a elas.
Precisamos saber o que está por trás dessa guerra cultural. 
Por que o diabo está atrás de nós
Você e eu vivemos em um momento sem precedentes na história. Os avanços tecnológicos permitem-nos a oportunidade de levar as nossas vozes até os confins da terra. Em segundos, um tweet de 140 caracteres escrito onde você estiver pode injetar uma dose de verdade e encorajamento para alguém na Índia. Um vídeo do YouTube pode tornar-se viral em questão de horas. Certamente, já são necessárias grandes somas de dinheiro ou grande habilidade para alcançar o mundo todo.
Os efeitos de toda essa conexidade sobre a geração de hoje são fascinantes. Ela tornou o nosso mundo menor e as nossas vozes maiores, reformulou os nossos pensamentos, comportamentos e, principalmente, as expectativas que temos para nossas vidas. Na verdade, ela mudou os nossos medos. Ao invés de temer coisas tais como finanças ou falar em público, a pesquisa indica que o maior medo das pessoas que vivem hoje, é viver uma vida que não faca a diferença.
Vivemos em um momento monumental na história. Não só temos as habilidades através da tecnologia e da mídia para alcançar o mundo, como muitos também tem a fome. Acredito que estamos na iminência de uma tempestade perfeita que poderia realizar a Grande Comissão e inaugurar o retorno magnífico de Cristo. E o diabo está apavorado.
Guerras Culturais
A Escritura revela que é uma estratégia bastante comum do diabo lançar guerras culturais em tempos de vitória espiritual iminente. No nascimento de Moisés, Satanás incitou Faraó a jogar todos os meninos recém-nascidos rio Nilo (veja Êx. 1:22). Ele fez o mesmo quando do nascimento de Jesus, influenciando o rei Herodes a matar todas as crianças com dois anos ou menos (ver Mateus 2.16).
Hoje, Satanás percebe que Deus está para fazer algo em grande escala, o que nos coloca especialmente ao alcance da mira do diabo. Como nos dias de Moisés e Jesus, o diabo mais uma vez lançou um ataque vigoroso sobre a cultura.
A Armadilha de Três Passos de Satanás
Você está em uma batalha pelo seu destino. E como em qualquer batalha, quanto mais você entender o seu rival, melhores suas chances de vitória.
O Senhor me mostrou em detalhes três segredos da estratégia de guerra de Satanás quanto à cultura. Ele revelou que muito antes de você e eu nascemos, Satanás planejou uma série de eventos progressivos destinados a destruir a nossa geração antes mesmo que tivéssemos uma chance. "É uma armadilha", disse Deus. E Ele me instruiu, da mesma forma que Paulo instruiu, a expor este projeto", para que não sejamos vencidos por Satanás" (2 Coríntios. 2:11).
Fase 1: Sobrecarregar a Cultura com o Pecado
Como vimos, Paulo profetiza que os últimos dias seriam difíceis. Ele concluiu suas palavras com uma séria advertência: "Porque deste número são os que se introduzem pelas casas, e levam cativas mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências" (2 Tm 3:. 6).
Oprimido pelo pecado. Ser oprimido significa ser tão bombardeado por algo até que isto o derrote. E é exatamente assim que Satanás usa o pecado hoje para nos destruir. A partir do momento em que nascemos, Satanás nos prepara para o fracasso. Ele faz isso ao inundar o nosso mundo com tanta sujeira e perversão que é praticamente inevitável escapar.
Pense quão penetrante é isso. Quase todas as revistas estampam notícias indecentes. As músicas tocadas em locais públicos glorificam a morte, a raiva e o sexo. A indústria da pornografia multibilionária persegue cada um de nós em nossos telefones móveis a cada dia. Poderíamos continuar citando exemplos. Com toda essa de energia para bombardear as nossas vidas com lixo, Satanás torna quase inevitável a nossa queda... repetidas vezes.
Fase 2: A Dança dos Desejos
A cultura esmagadora do pecado que Satanás criou contra nós é projetada para manter nossas mentes neste lugar em todos os momentos. Isto é crucial para a sua estratégia, porque ele sabe que o homem segue a sua mente. Em pouco tempo somos consumidos pelos prazeres da carne até não conseguirmos fugir do que sabemos estar errado.
Isto é o que Paulo queria dizer com "levadas de várias concupiscências.” O plano de Satanás é nos tornamos dependentes do pecado a ponto de sermos levados como animais na coleira, de uma lamentável experiência para outra.
Fase 3: Provocação com Acusações
Por definição uma armação é "um esquema ou um truque destinado a incriminar alguém." E esse é o resultado final da armação de Satanás. Ele nos oprime com o pecado, leva-nos a partir de uma experiência de arrependimento para outra, e depois lança o sentimento de culpa e vergonha. "Olha o que você fez! E você acha que você é um cristão!” acusa.
As acusações de Satanás pretendem silenciar a sua voz. Ele vai dizer que você errou muito, distanciando-se tanto do amor de Deus que passou a ser inútil para Ele. É um plano extremamente potente, porque Satanás sabe que o maior obstáculo para ser usado por Deus é crer que Deus não pode usá-lo. O que poderia ser mais destrutivo para uma pessoas cujo maior medo é uma vida que não faz diferença?
Fique alerta!
Devemos entender que o plano de Satanás não é o único que nos persegue. Ao lermos as histórias de Moisés e Jesus, embora o diabo tenha feito sua melhor tentativa, ele não conseguiu silenciar estas vozes de libertação. O plano de Deus prevaleceu!
Você não tem que cair na armadilha de Satanás. Agora que você conhece as estratégias dele, siga as instruções de Paulo “vigiai (fique alerta, conheca); porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar (1 Ped. 5: 8).
Fonte: charismamag.com  
www.ubeblogs.net