Lançamento nesta quinta-feira

Lançamento nesta quinta-feira

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

"Jogo dos 7 erros"






O PSDB minimiza, nos bastidores, pesquisa Datafolha que colocou Aécio Neves quatro pontos abaixo de Dilma. Lembra que o instituto de errou com José Serra em 2010, e com Aécio no 1º turno este ano.
Fonte: Claudio Humberto


Charge do Sponholz


quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Filmes em Exibição no Orient Cinemas Boulevard




Período de 23 a 29 de outubro
LANÇAMENTOS
O APOCALIPSE (Left Behind), de Vic Armstrong, 2004. Com Nicolas Cage, Cassi Thomson e Chad Michael Murray. Ação e ficção. Milhões de pessoas de todas as partes do mundo desaparecem, deixando para trás tudo o que era material: roupas, óculos, lentes de contato, cabelos postiços, próteses, jóias, sapatos e até mesmo marca passos e pinos cirúrgicos. Todos os bebês, inclusive os que estavam para nascer, desaparecem - alguns durante o parto. Instala-se o caos no mundo inteiro. Descobre-se então que os cristãos foram enviados ao Paraíso, deixando para trás os pecadores. Cópia dublada. Não recomendável para menores de 12 anos. Duração: 110 minutos. Horários: 14 horas, 16h20, 18h40 e 21 horas. Sala 1 (243 lugares) 
ALEXANDRE E O DIA TERRÍVEL, HORRÍVEL, ESPANTOSO E HORROROSO (Alexander and the Terrible, Horrible, No Good, Very Bad Day), de Miguel Arteta, 2014. Com Steve Carell, Jennifer Garner, Bella Thorne, Dick Van Dyke. Comédia. Comédia. Alexander é um garoto de 11 anos. Ele atravessa o dia mais terrível e horrível de sua vida, com uma calamidade atrás da outra. Mas quando ele conta as desventuras para sua família otimista, ninguém parece compreendê-lo e ele começa a se perguntar se as coisas ruins só acontecem com ele. Logo descobre que não está sozinho, quando todos também começam a se ver no mais horrível, terrível e pior dos dias. Cópia dublada. Classificação: Livre. Duração: 88 minutos. Horários: 14h40 e 16h50. Sala 2 (160 lugares).
DRÁCULA: A HISTÓRIA NUNCA CONTADA (Dracula Untold), de Gary Shore, 2014. Com Luke Evans, Dominic Cooper, Samantha Barks e Sarah Gadon. Ação. Os habitantes da Transilvânia sempre foram inimigos dos turcos. Para evitar que sua população fosse massacrada, o rei local aceita entregar centenas de crianças. Entre elas estava seu próprio filho, Vlad Tepes, que aprendeu com os turcos a arte de guerrear e logo ganha fama pela ferocidade nas batalhas e também por empalar os derrotados. De volta à Transilvânia, é nomeado príncipe e governa em paz por 10 anos. Só que o rei mais uma vez exige que mais crianças sejam entregues aos turcos. Ele se recusa e, com isso, inicia uma nova guerra. Para vencê-la, recorre a um ser das trevas que vive pela região. Após beber o sangue dele, Vlad se torna um vampiro e ganha poderes sobre-humanos. Cópia dublada. Não recomendável para menores de 14 anos. Duração: 110 minutos. Horários: 14h50, 17 horas, 19h10 e 21h20. Sala 4 (264 lugares). 
CONTINUAÇÕES 
A LENDA DE OZ (Legends of Oz: Dorrothy’s Return), de Will Finn e Dan St. Pierre, 2014. Animação. Dorothy acaba de voltar para casa de sua incrível jornada a Oz, mas já a estão chamando para mais uma aventura. Ao acordar em Kansas após o tornado, ela e o cão Toto voltam para Oz em um arco-íris mágico enviado por seus amigos, o Espantalho, o Leão e o Homem de Lata. Dorothy descobre que o irmão malvado da Bruxa Má do Oeste está conquistando Oz aos poucos. Mesmo Glinda não consegue combater os poderes maléficos de Jester, o que faz de Dorothy a única esperança. Em terceira semana. Cópia dublada. Classificação: Livre. Duração: 88 minutos. Horários: 14h40 e 16h50. Sala 2. 
O CANDIDATO HONESTO, de Roberto Santucci, 2014. Com Leandro Hassum, Luiza Valdetaro, Julia Rabello e Flávio Galvão. Comédia. Acompanha a campanha do político corrupto João Ernesto Praxedes, um mentiroso candidato à presidência da República, que passa a falar somente a verdade na reta final do segundo turno das eleições, onde lidera nas pesquisas. Em quarta semana. Não recomendável para menores de 12 anos. Duração: 110 minutos. Horários: 14h10, 16h30, 18h50 e 21h20o. Sala 3 (167 lugares).
ENDEREÇO E TELEFONES
Orient Cineplace - Multiplex do Boulevard Shopping, telefax 3225-3185 e telefone 3610-1515 para saber informações sobre programas e horários.
(Com informações do Departamento de Marketing de Orient Cinemas)

"Fascistoides à solta 1 - Lula compara 2014 a 1954, ano da morte de Getúlio. É… Em comum, há o mar de lama"



Por Reinaldo Azevedo
Lula não perdeu o juízo, é claro, porque ele tem é método. Louco não é. O que lhe tem faltado é senso de ridículo e compromisso com a verdade. Segundo ele,  o clima de "histeria" que toma conta da disputa se assemelha ao ano de 1954, quando Getúlio Vargas se matou. Aproveitou para dizer que os eleitores de Marina Silva têm a obrigação de votar em Dilma. Que grande petulância a desse senhor! Nem Marina se atreveu a dizer em que seu eleitorado tem a obrigação de votar pela simples e óbvia razão de que ela não é dona de suas respectivas vontades. Ocorre que Lula está convicto de que é dono do Brasil.
Este senhor já comparou a oposição a nazistas e a Herodes. É claro que parte do que diz deriva de sua alastrante ignorância, compatível com seu ânimo para ofender pessoas. Num comício em Porto Alegre, afirmou nesta quarta: "A mesma histeria que a direita tinha contra Getúlio, nos anos 50, eu vejo estampada no discurso dos nossos adversários", disse. Ele ainda ironizou o papel da imprensa, dizendo que a mídia claramente "não tem partido nem candidato" - tentando sugerir o contrário. Ora, basta ler certo noticiário e acompanhar algumas emissoras de TV para constatar que certa mídia tem, de fato, é CANDIDATA.
Direita, Lula? Onde está a direita? Vamos ver os partidos que compõem a coligação "Com a Força do Povo", de Dilma: PT, PMDB, PSD, PP, PR , PROS, PDT, PCdoB e PRB. Como? Então o PSD, o PP, o PROS e o PRB se tornaram agora notórios esquerdistas? Sem contar que o PMDB junta uma boa fatia dos conservadores brasileiros. A acusação de um ridículo ímpar.
A propósito: a ser como quer Lula, estão faltando dois cadáveres na história e um ferido. Quem se candidata no PT a repetir o gesto de Getúlio? Quem será o major Rubem Vaz? Quem vai levar um tiro no pé, como Carlos Lacerda? Que bate-pau do petismo se candidata ao papel de Gregório Fortunato, o homem que tramou o atentado contra Lacerda? A tese é de uma ignorância soberba, embora isso lhe tenha sido soprado aos ouvidos pelos intelectuais de quinta categoria do petismo.
É bem verdade que, de certo modo, Lula tem razão: uma coisa há em comum com 1954: o mar de lama. Existia há 60 anos; existe hoje - com a diferença de que aqueles eram tempos da bandidagem quase romântica. A de agora se profissionalizou.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

Carreatas em Itabuna e Feira mostram força de Aécio na Bahia



Na tarde desta quarta-feira, 22, o prefeito José Ronaldo (Democratas) comandou carreata (Foto 1) em apoio a Aécio Neves em Feira de Santana, com a participação do deputado estadual Carlos Geilson (PTN), dos candidatos a deputado federal Colbert Martins (PMDB) e Zé Chico (Democratas), do vice-prefeito Luciano Ribeiro (PMDB), vereadores, profissionais liberais - principalmente médicos - e jovens.
Na noite desta quarta, também haverá um evento de  mobilização eleitoral com lideranças e moradores de Cajazeiras, em Salvador.
"A Bahia não vai ficar de fora da construção da vitória de Aécio Neves", afirmou o prefeito de Salvador ACM Neto (Democratas), depois de participar de uma carreata (Foto 2) em prol do candidato tucano à Presidência da República, em Itabuna, na tarde desta quarta-feira. O entusiasmo da população itabunense no apoio manifestado à candidatura oposicionista confirma a expectativa do prefeito de Salvador, que estava acompanhado pelo ex-governador Paulo Souto (Democratas), além dos presidentes estaduais José Carlos Aleluia, do Democratas, e Geddel Vieira Lima, do PMDB.
Para ACM Neto, a adesão a Aécio é crescente na Bahia. "Principalmente de pessoas que não se interessavam por atividades políticas e nem participaram do primeiro turno e agora estão vindo às ruas pedir voto e se fazer presente neste momento histórico. No próximo domingo, vamos ter oportunidade de eleger um novo governo, que vai se mirar na eficiência e na decência, sob a liderança de Aécio Neves", assinalou com a aprovação dos deputados estaduais eleitos Sandro Régis e Augusto Castro, além da presidente municipal do Democratas, Maria Alice.
Na avaliação de Paulo Souto, não restam dúvidas de que o desempenho eleitoral de Aécio na Bahia no segundo turno será muito superior ao do primeiro. "Agora, no segundo turno, as pessoas tiveram a chance de conhecê-lo melhor e, por isso, estão optando por ele, que é o melhor candidato", explicou Souto. Aleluia, por sua vez, afirmou que Aécio é o líder que o País está precisando para realizar as mudanças tão necessárias.  
Nesta quinta-feira, 23, a partir das nove horas, está marcada a Caminhada 45, no Uruguai. O prefeito ACM Neto vai estar lá, levando a mensagem do “Muda Brasil”. Pela tarde, Neto viaja a Aracaju, onde participa, ao lado do coordenador nacional da campanha de Aécio Neves, o senador José Agripino, de evento em prol da candidatura tucana. À noite, ACM Neto retorna a Salvador e, acompanhado de Paulo Souto e Geddel, vai a Paripe para o Encontro com Amigos e Lideranças do Subúrbio, a partir das 19 horas.
(Com informações de noticia1.ps25@gmail.com)

Caminhada pró Aécio Neves neste sábado

Mais uma atividade de campanha pró Aécio Neves em Feira de Santana, liderada pelo prefeito José Ronaldo. 
Neste sábado, 25, véspera do dia das eleições em segundo turno, grande caminhada saindo às 8 horas da praça Monsenhor Renato Galvão. O percurso: rua Conselheiro Franco, rua Tertuliano Carneiro, praça Fróes da Motta, rua General Câmara, praça D. Pedro II (de O Nordestino) e avenida Senhor dos Passos, encerrando em frente ao Paço Municipal Maria Quitéria.

Imagens da carreata pró Aécio Neves

Na tarde desta quarta-feira, 22, carreata pró Aécio Neves no centro de Feira de Santana, com a liderança do prefeito José Ronaldo de Carvalho e participação do deputado estadual Carlos Geilson e dos candidatos a deputado federal Colbert Martins e Zé Chico, além de vereadores. 
O percurso foi a partir do final da avenida Getúlio Vargas, passando pela rua Visconde do Rio Branco, rua Ruy Barbosa, avenida Senhor dos Passos.

Comenda Maria Quitéria para Hélio Dórea

Na quinta-feira, 13 de novembro, às 19h30, o jornalista Hélio de Oliveira Dórea (na foto com o então presidente da República Juscelino Kubitschek, nos anos 60) recebe a Comenda Maria Quitéria, em sessão solene no plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana. Trata-se de feirense que reside em Vitória-ES, onde é destacado colunista social.

Após período eleitoral, deputado estadual Targino Machado mantém atendimentos em cidades baianas


Reeleito para seu quinto mandato como deputado estadual com 67.574 votos, Targino Machado (Foto: Divulgação), do Democratas, continua com seus atendimentos em importantes cidades da Bahia. Apesar das limitações físicas em decorrência de uma rotura no joelho esquerdo, ainda no período eleitoral, o parlamentar manteve sua agenda até então.
Apenas dois dias após a confirmação de mais uma vitória nas urnas, no dia 7, Targino atendeu a população de Feira de Santana, onde teve uma expressiva votação (32.045 votos), em seu escritório localizado no bairro Capuchinhos.
Em São Gonçalo dos Campos, município em que recebeu 5.189 votos, o deputado já atendeu na semana seguinte às eleições, assim como em Humildes, onde presta atendimentos à população local todas às sextas-feiras.
Maragojipe - Nos últimos dias 11 e 18, Targino manteve sua programação na cidade de Maragojipe, em que foi o campeão de votos para deputado estadual: 5.756 eleitores depositaram, mais uma vez, confiança no trabalho realizado pelo mesmo na região.
Atendimentos
Feira de Santana: Segunda-feira e terça-feira, no bairro Capuchinhos
São Gonçalo dos Campos: Quinta-feira, no bairro Tapera
Humildes: Sexta-feira, na praça da Matriz
Maragojipe: Sábado, na Associação Beneficente Fé e Esperança
(Com informações de Maurício Naiberg, da Assessoria de Imprensa)

"Revoada" no X Panorama Internacional Coisa de Cinema,



No X Panorama Internacional Coisa de Cinema, a exibição de "Revoada", filme de José Umberto, 80 minutos, Cor, Digital, 2014.
"Em 'Revoada', os signos e alegorias estão por todos os lados. Não faltam referências que nos possibilitam descobrir novas camadas que não estão aparentes. O barroco está no figurino, nos gestos, tom dos atores e na exuberância do cenário. Mas, o que fica fortemente marcado para mim, no longa de Zé Umberto, é o interesse em se comunicar com o público, pois há uma história com meio, início e final bem desenhados. 
'Revoada' nos leva ao grupo de cangaceiros, composto por oito homens e duas mulheres, dias após a morte de Lampião. O grupo está em frangalhos e não sabe que atitude tomar. Entregar as armas? Seguir a luta e buscar vingança? O medo e os conflitos internos se instalam no grupo. A polícia e os sonhos os perseguem, no ato derradeiro do cangaço no sertão." (Cláudio Marques)
Sessões: Sexta-feira, 31, às 16 horas, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da UFRB
Terça-feira, 4 de novembro, às 20h50, no Espaço Itaú de Cinema - Glauber Rocha - Sala 2, em Salvador.

Hoje é dia de carreata pró Aécio

O prefeito José Ronaldo está convidando para a carreata "Muda Brasil" nesta quarta-feira, 22, a partir das 14h30, com saída da final da avenida Getúlio Vargas, com destino ao cento da cidade.

"O 'bolivarianismo' deixa claro: o PT ataca a soberania nacional e trai a Pátria"

Fonte: "Mídia Sem Máscara"

"O que ocorrerá com abstenção, brancos e nulos no dia 26? como influenciam o resultado?"


Por Cesar Maia
1. As pesquisas são feitas em base às informações do TSE, que incluem gênero, idade e local de votação. Os demais recortes são feitos em base censitária pelos Institutos de Pesquisa.  Dessa forma, a base das pesquisas é o total do eleitorado, incluindo, portanto, o que na urna se saberá em relação a brancos, nulos e abstenção.
2. Quando as tendências do eleitorado são estáveis, a abstenção não altera os resultados das pesquisas de opinião. Mas quando a intenção de voto dos eleitores é volátil, a abstenção pode mudar tudo. E se a volatilidade é grande, até mesmo os brancos e nulos podem mudar no dia da eleição. Mudar em dois sentidos: decidir votar, ou os que decidiam votar, nas pesquisas, na hora do voto, anular ou votar em branco. Segundo o Datafolha, 15% dos eleitores decidiram em que presidente votar, no primeiro turno-2014, na véspera e no dia da eleição. Esse número tende a ser menor agora com apenas dois candidatos. Mas quão menor?
3. Vamos aos números. As pesquisas de intenção de voto no segundo turno vêm dando uns 10% de brancos e nulos, mais de três vezes a diferença entre Dilma e Aécio. E fazem abstração - como é natural - da abstenção, mesmo sabendo que estará próxima a 20%, supondo, como tradicionalmente ocorre, que não influenciam o resultado da eleição. Será?
4. O que ocorreu nas últimas três eleições?  Em 2006, no primeiro turno os votos brancos/nulos foram 8,4% e a abstenção 16,75%. No segundo turno, os brancos e nulos caíram para 6% mas a abstenção cresceu para 19%. Em 2010, no primeiro turno, os brancos/nulos foram 6,7% e a abstenção 18,1%. No segundo turno, os brancos/nulos cresceram para 8,6% e a abstenção subiu para 21,50. Em 2014, no primeiro turno, os brancos/nulos atingiram 9,6% e a abstenção 19,4%.
5. Com uma campanha em 2014 - no segundo turno - muito mais disputada e polemizada, é provável que a abstenção seja próxima de 2010, quando a eleição ainda não estava completamente definida uns 10 dias antes da eleição. Ou seja, 21,50%. Mas a tendência dos votos brancos/nulos não se pode prever em função das agressões recíprocas.  Suponhamos que os 9,6% do primeiro turno se repitam.
6. Fazendo os ajustes, 25% dos eleitores não influenciarão os votos válidos. Supondo que metade da abstenção é compulsória (doentes, muito idosos, estão ou moram fora de seu registro eleitoral, presos...), esses 25% baixam para uns 18%. Supondo que os brancos/nulos sejam os mesmos eleitores das pesquisas de intenções de voto, aqueles 18% baixam para 9%.
7. Usando como referência uma série de eleições, os números de um ou outro candidato só podem sinalizar favoritismo e vitória se as pesquisas finais indicarem uma vantagem de 5 pontos sobre os votos totais. Nas pesquisas já publicadas do Datafolha e Ibope, esta vantagem ainda está em torno da metade desses 5%.
8. Ficando nessa metade, só a urna nos dirá quem venceu.
Fonte: "Ex-Blog do Cesar Maia" 


Acorda, Brasil!

O jornalista Oydema Ferreira postou no Facebook:
"Domingo será o 'Dia D' para o Brasil e para os brasileiros de BEM decidirem o caminho que este país deve tomar.
Que as pessoas deixem ideologias, interesses partidários, pessoais e pensem no Brasil do futuro que estamos semeando a partir do dia 26.
Que possamos nessa oportunidade com altivez dizer NÃO à violência, a corrupção, a humilhação das filas nos hospitais, a falta de educação enfim o caos que estamos vivendo.
Abramos portas neste domingo para o 'novo Brasil' entrar a fim de que as futuras gerações possam dele se orgulhar e com 'Ordem e Progresso' dizerem: 'Pátria Amada, Brasil'.
Esta eleição é decisiva para a DEMOCRACIA não dêem armas e aval a eles para transformarem o nosso país em mais uma Venezuela, onde até a comida está racionada.
Acorda brasileiro de BEM."


"Dilma 'coração valente'? Como assim? A presidente usa imagens de seus tempos de luta armada para falar em 'democracia' - algo que sua organização, e as demais, NUNCA defenderam. É, portanto, um apelo MENTIROSO ao passado. Além disso, o lema foi roubado da campanha de Heloísa Helena, em 2006"

Em recente reunião de Dilma com governadores e senadores eleitos a 5 de outubro, o "Coração Valente" ao fundo 
(Foto: Ichiro Guerra)
Por Ricardo Setti
Não faltava mais nada, mais nada, nadinha mesmo na campanha eleitoral da presidente Dilma Rousseff.
Agora, volta e meia ela aparece diante de cartazes dos tempos em que integrava a luta armada, o que lhe valeu o qualificativo marqueteiro de "Coração Valente".
A ideia foi escandalosamente roubada por marqueteiros de uma outra campanha, como mostrarei abaixo. Mas isso não é nada.
Os cartazes da "Coração Valente", como o que vocês verão logo abaixo parágrafo, querem insinuar que Dilma, quando integrava a luta armada contra a ditadura militar, "plantava a liberdade" para, hoje, "colher democracia".
Com todo o respeito à figura da presidente, a candidata Dilma está MENTINDO. Repito: MEN-TIN-DO.
A organização armada a que ela pertencia, a VAR-Palmares - antes ela pertenceu à minúscula Polop, depois à Colina, que acabou se fundindo na Vanguarda Armada Revolucionária - Palmares -, de fato enfrentava a ditadura militar, mas apelando para a violência e a luta armada. Não há notícia, em lugar algum, que os "guerrilheiros" da VAR-Palmares, ou terroristas, como os chamava o regime militar, tenham, em qualquer tempo, pregado as liberdades democráticas tais como as conhecemos.
A organização chefiada pelo ex-capitão do Exército Carlos Lamarca pregava a luta armada como forma de chegar ao poder, que seria exercido, em nome dos "trabalhadores", por um partido único.
Não há um parágrafo, uma frase, uma linha que seja no "programa de luta" da VAR-Palmares de Dilma defendendo eleições diretas, o pluripartidarismo, o direito à livre expressão do pensamento, a liberdade de imprensa, a liberdade partidária, a livre organização sindical, a garantia dos direitos individuais, a supremacia da lei e o primado da Justiça, a independência dos Poderes - nada, nada, nada, absolutamente nada de tudo aquilo que a Humanidade aperfeiçou e que se chama democracia, "o pior regime que existe, excetuado todos os demais", na frase imortal do grande estadista britânico Sir Winston Churchill.

A VAR-Palmares, organização de luta armada a que Dilma pertence, enfrentou de fato a ditadura, recorrendo a métodos violentos, mas jamais plantou a "liberdade". E muito menos defendeu a democracia

Se vocês não acreditam e quiserem conferir se há qualquer inverdade no que escrevo, encham os pulmões, munam-se de coragem e paciência e cliquem no link que vou oferecer a seguir onde está o documento-base da VAR-Palmares, um tijolaço de 35 páginas datilografadas em espaço um que vocês encontram aqui

Cartaz da campanha de Heloisa Helana (PSOL), candidadata à Presidência em 2006
Não bastava, porém, passar a falsa informação de que uma organização cujos fundamentos de chegar ao poder fundavam-se na na violência armada pregava a "liberdade" e queria que o país desembocasse em uma “democracia”.
O "Coração Valente" que os marqueteiros tentam pespegar em Dilma foi escandalosamente furtado da campanha da então senador Heloísa Helena (PSOL-AL), candidata à Presidência da República em 2006, conforme está no cartaz acima.
Os registros a respeito são in-des-men-tíveis.
Vejam, por exemplo, um vídeo de campanha de Heloísa Helena postado a 28 de setembro de 2006, sob o título "Heloísa Helena Coração Valente":
Já este vídeo de 2009 - repito, de 2009, ou seja, de cinco anos atrás - mostra a canção "Coração Valente", composta pelo músico Vital Farias e apresentada no 2º Congresso do PSOL em 21 de agosto daquele ano:

Charge do Sponholz


terça-feira, 21 de outubro de 2014

"TSE rejeita pedido de Dilma para censurar reportagem do site de VEJA"




Ministro Admar Gonzaga arquivou representação que contestava divulgação, no Google, de reportagem sobre a piora nos indicadores econômicos do país

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou nesta terça-feira ação da presidente-candidata Dilma Rousseff (PT) que tentava impedir que o Google listasse nos resultados de busca a reportagem “Dez fatos econômicos que você precisa saber antes de votar”, publicada no site de VEJA em 3 de outubro.


Na tentativa restringir o acesso à reportagem, retirando-a dos resultados de busca do Google, o PT tentou configurar como "propaganda eleitoral" um texto jornalístico que retrata fatos notórios - como a alta do dólar, a crise no setor elétrico e a piora acentuada das contas públicas. O PT disse ainda que a reportagem teria o "propósito de interferir na vontade do eleitor antes do voto".
Em sua defesa, o Google Brasil afirmou não possuir "qualquer ingerência sobre o conteúdo publicado, não sendo capaz, portanto, de removê-lo, editá-lo, nem mesmo fornecer quaisquer dados sobre o usuário responsável pela criação e posterior postagem de conteúdo" O magistrado do TSE acolheu esse argumento, seguindo a jurisprudência que já vem se firmando nos tribunais, segundo a qual sites de busca como o Google não podem ser processados por indexar em seus resultados conteúdo produzido por terceiros. Com isso, encerrou a ação sem apreciar seu mérito.
Como argumentou a empresa de tecnologia, contudo, as tentativas de restringir o acesso a informações, retirando-as de ferramentas de busca, colidem com o princípio da liberdade de expressão. Sua petição invocou o artigo 220 da Constituição, segundo o qual "a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição", e o artigo 19 do Marco Civil da Internet, que combate a censura.
Nem o site de VEJA nem a Editora Abril, responsável pela publicação do conteúdo eletrônico de VEJA, são partes do processo.



Reforma Política - Geilson defende fim da reeleição e diminuição do número de partidos


"A reforma política nesse país é mais que necessária! Esse modelo que está aqui se esgotou", disparou o deputado estadual Carlos Geilson (PTN), em pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia, na tarde desta terça-feira, 21. De acordo com o parlamentar, o Brasil vive uma 'enxurrada' de partidos, onde muitas siglas servem como 'partido de aluguel', que se mantém para vender, ou comercializar seu tempo de televisão.
Geilson ainda falou sobre o período curto entre as eleições. "Daqui a dois anos teremos eleições novamente nesse país, eleições municipais. Precisamos urgente de uma reforma política que faça a convergência das eleições e acabe com a reeleição para cargos executivos", pontuou.
Para o deputado, o Partido dos Trabalhadores, quando trata de reforma política, fica muito mais focado na questão do financiamento público e do voto em lista, quando deveria prioritariamente, defender o fim da reeleição e a diminuição dos partidos. "Sei que é um direito, mas muitos que estão aí só servem como 'partidos de aluguel', não acrescentam em nada no cenário da vida pública. Acredito, que devemos repensar esse modelo existente, fundindo alguns partidos, e assim, reduzindo a quantidade de siglas", afirmou Geilson.
(Com informações de Núbia Passos, da Assessoria de Comunicação do Deputado Estadual Carlos Geilson)

Agradecimento do deputado estadual Targino Machado


Fruto de uma campanha renhida, fui eleito para o quinto mandato de deputado estadual.
Tomarei posse, se Deus permitir, de forma independente, sem amarras, nem atrelado automaticamente a nenhuma estrela ou constelação.
Quero agradecer a muitos amigos, muitos companheiros e a uma infinidade de admiradores do nosso trabalho e adeptos das nossas ideias.
Tomarei posse na Assembleia Legislativa da Bahia, em 1° de fevereiro de 2015, para exercer o nosso mandato na oposição ao Governo recém-eleito, pois foi na oposição, defendendo as minhas ideias, que fui reconduzido a esta Casa.
Não tenho perfil para aderir governos. Não gosto de adesismo, não gosto de adesista, pois, além de outras circunstâncias, cheira a oportunismo.
Serei Governo quando o candidato que apoiar for vitorioso.
Não tenho líder, não nasci para ser liderado, o que me leva a ser admoestado no curso das campanhas políticas.
Mas a grandeza cabe aos vencedores e Deus me fez um vencedor!
Uma vitória maiúscula como a que tive lava qualquer sentimento que não esteja à sua altura.
 Deputado estadual Targino Machado

Enviado por Maurício Naiberg - Assessor de Imprensa

Trailer de "O Apocalipse"



Assista
Trailer de "O Apocalipse", que tem lançamento nacional nesta quinta-feira, 23, no Orient Cinemas Boulevard.

Trailer de "Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso"




Assista
Trailer de "Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso", que tem lançamento nacional nesta quinta-feira, 23, no Orient Cinemas Boulevard.

Trailer de "Drácula: A História Nunca Contada"



Assista
Trailer de "Drácula: A História Nunca Contada", que tem lançamento nacional nesta quinta-feira, 23, no Orient Cinemas Boulevard.

Drama, comédia e ação nas telas


Fotos: Divulgação
Três novidades nesta 44ª semana do ano. São filmes para todos os gostos. Tem drama com "O Apocalipse" (Left Behind), de Vic Armstrong, com Nicolas Cage. Tem a comédia "Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso" (Alexander and the Terrible, Horrible, No Good, Very Bad Day), de Miguel Arteta, com Steve Carell e Jennifer Garner. E tem o filme de ação "Drácula: A História Nunca Contada" (Dracula Untold), estreia de Gary Shore, com Luke Evans. Todos em lançamento nacional.
"O Apocalipse" é baseado na série de livros "Deixados Para Trás", de temática cristã, que já vendeu mais de 70 milhões de exemplares e foi publicada em 34 idiomas. Também um remake dos três filmes lançados no Brasil em DVD. Tem o subtítulo de "O Começo do Fim". Na ação, cristãos vão para o Paraíso, deixando para trás os pecadores.
Na comédia "Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso", o garoto do título tem 11 anos e atravessa o dia com uma calamidade atrás da outra. Ele descobre que não está sozinho, quando todos também começam a se ver no pior dia.
Em "Drácula: A História Nunca Contada", a mitologia dos vampiros combinada com a história do príncipe Vlad e a origem de Drácula, conhecido por atos violentos e métodos brutais e sanguinários.
Duas continuações no período: a animação "A Lenda de Oz" (Legend of Oz: Dorothy's Return), destinada ao público infantil, em terceira semana; e a comédia brasileira "O Candidato Honesto", de Roberto Santucci, com Leandro Hassum como um político corrupto e mentiroso que é candidato à presidência da República, em quarta semana.

Comerciante de Feira de Santana é homenageado pela Fecomércio-BA



Líderes empresariais e do poder público da Bahia têm encontro marcado na celebração do Comerciante do Ano 2014, no próximo dia 29, na Casa do Comércio
O empresário feirense Luis Henrique Mercês (Foto: Reprodução), à frente do grupo Mersan, receberá o título de Comerciante do Ano 2014, durante homenagem da Fecomércio-BA, que anualmente elege um empresário que tenha se destacado na atividade comercial na Bahia. A entrega do título e da Medalha Visconde de Cairú será realizada pelo presidente da Federação, Carlos de Souza Andrade, em solenidade na Casa do Comércio, marcada para quarta-feira, 29, a partir das 20 horas.
Filho de comerciante, Luis Henrique Mercês lidera há mais de 30 anos a rede varejista de calçados, que hoje conta com 32 unidades Mersan divididas entre Feira de Santana, Salvador, Serrinha, Conceição do Coité, Alagoinhas, Itabuna e Itaberaba, respondendo por uma geração de mais de 700 empregos diretos e indiretos.  Mercês também é diretor de marketing do Sindicato do Comércio de Feira de Santana.
A premiação - Desde o ano de 1985, a Fecomércio-BA homenageia os principais comerciantes atuantes na Bahia com o título de Comerciante do Ano. Nessa lista estão nomes como Mamede Paes Mendonça (1989), José Faro (1998), Nelson Daiha (2002), Tony Tawil (2011) e Eliezer Schnitman (2013).
 (Com informações de Délia Coutinho, da Assessoria de Comunicação da Fecomércio-BA)

Aniversário de Lilia Campos



A jornalista Lilia Campos (Foto) comemora seu aniversário nesta quarta-feira, 22, com almoço entre amigas, a partir das 12h30, no Restaurante Vitrô, no Pátio Buriti.
A Clínica Santa Pele Dermatologia e a Loja Lesan's capricham nas surpresas para as convidadas da aniversariante.

Oposição baiana vai ao interior fazer campanha para Aécio

"O Nordeste não tem dono", reafirmou o prefeito de Salvador ACM Neto em evento pró-candidatura de Aécio Neves à Presidência da República, realizado em Camaçari (Foto: Divulgação), na noite de segunda-feira, 20. "O nordestino é um povo de coragem e não vai se intimidar com a política do medo e chantagem do PT. Vamos provar isto no próximo domingo (26), votando no 45", disse ao lado do presidente do PMDB, Geddel Vieira Lima, do deputado federal eleito Paulo Azi e lideranças locais, como o vereador Elinaldo.
O movimento "Muda Brasil" acelera em toda a Bahia. Nesta terça-feira, pela manhã, o prefeito ACM Neto faz corpo a corpo, ao lado do ex-governador Paulo Souto e o presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, divulgando as propostas de Aécio Neves, em caminhada no centro de Vitória da Conquista. À tarde, às 15 horas, os oposicionistas se encontram com o povo de Jequié. Pela noite, vão a Eunápolis para novo ato público em apoio à candidatura tucana.
"A eleição de Aécio significa um governo de união e comprometido com as pessoas. Ele vai combinar eficiência e decência numa gestão que vai mudar o Brasil", assinalou ACM Neto, que não tem poupado esforços na reta final da campanha tucana. Nesta quarta-feira, 22, estão programadas atividades em Itabuna e Feira de Santana, pela tarde, e, à noite, em Salvador, onde haverá evento em Cajazeiras. 
Os líderes oposicionistas, entre eles, também o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, vão se dividir na participação dos atos em prol da candidatura de Aécio Neves. "O tempo é curto e até sábado em todo o estado, estaremos realizando mobilizações pela eleição de Aécio. O Brasil precisa ter um novo rumo a partir de 2015", disse Aleluia.
(Com informações de noticia3.ps25@gmail.com)