Para ser visto

Para ser visto
"La La Land: Cantando Estações"

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

"O voo de Byafra pelo mundo literário"



Cantor e compositor lança livro inspirado no hit "Sonho de Ícaro"



Byafra quer fazer musical sobre o livro, que será lançado em março 
Foto: Divulgação
"Voar, voar/Subir, subir/Ir por onde for/Descer até o céu cair/Ou mudar de cor/Anjos de gás/Asas de ilusão/E um sonho audaz/Feito um balão...". Quem (com mais de 35 anos) não lembra desses versos de Byafra? Pois o cantor e compositor de Niterói transformou o hit dos anos 1980 em ficção, dando vida a um personagem inspirado na canção "Sonho de Ícaro". O livro se chamará "Voo de Ícaro" (editora Kimera) e foi escrito a quatro mãos com o jornalista Pinheiro Junior, tio de Byafra. O lançamento será após o Carnaval.
- A história começa com uma senhora que, ao acordar, encontra um cara com uma asa quebrada no jardim dela. É uma metáfora da não aceitação da sociedade quando acontece algo que ela não compreende - conta Byafra, que define o estilo como realismo fantástico. - Há personagens bem reais, como um diretor de biblioteca que não gosta de livros. É alguém que você encontra no meio cultural do Brasil. O livro é uma sátira, mistura tragédia e comédia. Não gosto de levar as coisas muito a sério.
Essa é a sua segunda experiência literária: a primeira foi um livro de poesias ("Prata de Piratininga"), que era coadjuvante de um CD do cantor. Quanto a "Voo de Ícaro", Byafra sonha mais alto.
- A intenção é que se transforme num musical - diz ele, que faz shows pelo Brasil com seus sucessos (o próximo, em Fortaleza, será em março) e se apresenta com um grupo de câmara da UFRJ, onde termina o bacharelado em canto.
Byafra procura um espaço em Niterói para cantar com o grupo - formado por dois violinos, uma viola, um violoncelo, uma clarineta, uma flauta, piano e baixo. No repertório, músicas de Chico Buarque e Milton Nascimento, além de inéditas do compositor.
- É uma chance de mostrar um trabalho alternativo. Se bobear, fico fazendo o mesmo show pelo resto da vida - ri o cantor.
Fonte: Coluna "Fome de Quê?" - "O Globo"

Aleluia visita José Ronaldo



O deputado federal José Carlos Aleluia, presidente estadual do Democratas, esteve com o prefeito José Ronaldo, na tarde desta sexta-feira, 20, no Gabinete do Paço Municipal Maria Quitéria.
"Foi uma visita de cortesia do amigo e correligionário", disse o prefeito em sua página no Facebook. 

Má educação no cinema é motivo de protestos

Charge de Daniel Ponciano

Cada dia mais, o comportamento de frequentadores de cinema em Feira de Santana, como em vários outros lugares, é motivo de protestos e reclamações de grande parte dos espectadores. A falta de educação é muito grande por parte de alguns que estão assistindo as sessões. “As pessoas conversam e atendem celulares antes e durante a projeção do filme. Tem gente que fica olhando o celular a todo instante e ‘acendendo’ aquela luz irritante”, protesta o bancário Thomas Rabelo.
Existem também outras queixas como os que contam o filme, os que colocam os pés sobre a poltrona da frente, os que chegam atrasados e que saem antes do final. As pessoas saem do cinema comentando com indignação, o fato de serem atrapalhadas pelos espectadores mal-educados, que são crianças, adolescentes e até adultos, homens e mulheres, sem distinção. Segundo o técnico Pedro Ventura, “tem gente que acha que cinema é para conversar com quem está do lado, atender ao celular, adivinhar o que pode acontecer na tela. Pior é que não gostam de serem reclamados”.
Talvez por terem comprado ingresso, as pessoas pensam que têm o direito de fazer o que bem entendem, como se estivessem na poltrona de sua casa, não diferenciando uma sessão de DVDs com amigos de uma sessão de cinema em uma sala escura.
Cinema é um local para se assistir a filmes, respeitando as pessoas com quem se compartilha o espaço da sala. Muitos espectadores se incomodam com a situação e apelam para um “psiu!”, um “cala a boca!” ou ainda uma indireta e até xingamentos. Mas, as pessoas voltam a incomodar e não se pode ameaçar de chamar a polícia. O certo é que está sendo impossível assistir-se a um filme em paz e sossegado, por causa do comportamento selvagem de débeis mentais que assolam as salas de cinema.

Sobre "La La Land: Cantando Estações"

Além de homenagear Los Angeles, a "Cidade dos Sonhos", "La La Land: Cantando Estações" presta homenagem ao cinema - filmes, filmagens, astros e estrelas, pôsteres. São muitas as referências a títulos de musicais dos anos 30 a 50. O filme inicia com a tela quadrada e se alargando e aparecendo o CinemaScope e as cores vivas.
Trata sobre dois sonhadores, seus encontros e desencontros durante a primavera, o verão, o outono e o inverno, o músico Sebastian (Ryan Gosling) e a candidata a atriz Mia (Emma Stone).
A assistência ao filme confirma a fama que o precede com mais de uma centena de premiações - as principais do Globo de Ouro. E o Oscar vem aí.
Pelo público presente nas duas sessões do primeiro dia, na quinta-feira, dá para esperar que entre em segunda semana. 
Sobre público, lastimável que as plateias modernas, além da má educação, prefira mixórdias de ação exacerbada e comediotas brasileiras.
Ao final do filme, aplausos de muitos espectadores, arrebatados e extasiados pela beleza do que foi visto.

"Temer é pressionado a indicar Moro para o STF"



Após a confirmação da morte do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, o presidente Michel Temer passou a sofrer pressão de amigos e até de alguns ministros mais próximos para pensar na possibilidade de indicar o juiz Sérgio Moro, em substituição ao relator da Operação Lava Jato no STF. Ainda que não faça opção por Moro, o presidente deve caprichar na escolha, apostam seus auxiliares.
Calma nesta hora
O presidente não adota decisões apressadas, tampouco quis tratar do assunto. Mas ouviu as ponderações pró-Moro com interesse.
Escolha certa
A escolha do substituto de Zavascki é fundamental: o novo ministro vai herdar a relatoria da Operação Lava Jato, no âmbito do STF.
#Moro no STF
A possibilidade do juiz federal Sérgio Moro no lugar de Teori Zavascki já viralizou nas redes sociais. Praticamente uma unanimidade nacional.
Nada a temer
Amigos alegam, em mensagens a Temer, que Sérgio Moro no STF mostraria a isenção do presidente em relação à Operação Lava Jato.
Teori e Cia
Teori Zavascki não era o único no Supremo Tribunal Federal que analisava as ações da Lava Jato. São dezenas de servidores, entre juízes auxiliares e assessores, que jamais deixarão a peteca cair.
Atraso na Lava Jato
Com a morte de Teori Zavascki, a força-tarefa da operação já acredita que os trabalhos se estenderão para além de 2018. Haverá atraso na homologação da delação da Odebrecht e também da Camargo Corrêa.
Paúra de Moro
Políticos investigados na Lava Jato não querem nem ouvir falar em Sérgio Moro no lugar de Teori Zavascki. O que os protege da mão pesada de Sérgio Moro é o foro privilegiado, sob jurisdição do STF.
Profunda consternação
Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, revelou-se um dos ministros mais consternados com a morte de Teori Zavascki. Num primeiro momento, ele nem conseguia falar sobre o assunto.
Fonte: Cláudio Humberto

"Números não mentem: o Brasil prende pouco"



Os "politicamente corretos" repetem como papagaios que "o Brasil prende muito e prende mal". Mas eles mentem. No Brasil, a polícia só esclarece 5% dos crimes com identificação dos autores. Os demais nunca são denunciados à Justiça. Em 2011, data do mais recente levantamento do Ministério da Justiça, somente 10.168 investigações resultaram em denúncias à Justiça, de um total de 136,8 mil inquéritos.
Céu e inferno
No Japão, a polícia se orgulha dos impressionantes 95% dos crimes resolvidos. No Brasil, 95% dos crimes permanecem impunes.
Prende mal?
Em Brasília a Polícia Militar faz uma média de cem prisões por semana, quatrocentas por mês, 4.800 por ano. Isso não é "prender mal".
Prender bem?
O juiz Ademar Vasconcelos, ex-titular da vara de execuções penais do DF, ironiza: "O que que é prender bem? Prender só ricos e inimigos?"
Fonte: Cláudio Humberto

"Balaio Política" desta sexta-feira

Repercussão
A entrevista do prefeito José Ronaldo na edição de sexta-feira passada, 13, no NoiteDia foi compartilhada por ele em sua página no Facebook e fixada no topo. Até terça-feira, 17, alcançou mais de cinco mil pessoas, com mais de 200 curtindo, cerca de 30 compartilhamentos e comentários positivos de dezenas de internautas. A entrevista também foi replicada pelo "Blog Demais".
Novos nem tanto
Dos 11 novos nomes na Câmara Municipal, dois assumiram mandato na legislatura passada: Lulinha da Conceição (Democratas) e Ewerton Carneiro Costa (PEN). Dois outros estão de volta: Zé Curuca (Democratas) e Roberto Tourinho (PV).  
Novos mesmo
Sete vereadores são novos mesmos: Cadmiel Pereira (PSC), Gilmar Amorim (PSDC), João Bililiu (PPS) e Zé Filé (Pros) - que já já haviam sido candidatos em outras eleições -, mais Fabiano da Van (PPS), Ron do Povão (PTC) e Luiz da Feira (PPL) - que foram candidatos pela primeira vez.
Assessoria de imprensa
Cada um dos 21 vereadores tem direito a um assessor de imprensa parlamentar. Jornalistas e radialistas - alguns até conhecidos - já foram nomeados.
Portal
O portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na Internet - www.tse.jus.br - permite pesquisar no link "Legislação Compilada", de modo detalhado e rápido, as legislações e os atos normativos da Corte Eleitoral. O acesso ao link para consultas é feito clicando na aba "Área Jurídica" da barra localizada na parte superior do portal.
Portal II
O link coloca à disposição do usuário dez tipos de atos normativos: instruções normativas, instruções normativas conjuntas, instruções para as eleições (por ano eleitoral); ordens de serviço, orientações técnicas, portarias, portarias conjuntas, portarias e provimentos da Corregedoria-Geral Eleitoral e, por fim, resoluções do TSE.
Portal III
Além disso, os cidadãos podem encontrar, na mesma página, links como "Legislação do Planalto" - que direciona o usuário para o site onde estão armazenados os documentos legislativos produzidos no país e disponíveis no site do Palácio do Planalto - e "Constituição Anotada".
Coluna publicada na edição desta sexta-feira, 20, do "NoiteDia"



quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

São inúmeras as premiações de "La La Land: Cantando Estações"

Ryan e Emma Stone em "La La Land: Cantando Estações"
Fotos: Divulgação

Além de ganhador de sete prêmios - pela primeira vez ocorre o fato - Globo de Ouro na 74ª edição anual - Melhor Filme, Melhor Diretor (Damien Chazelle), Melhor Ator (Ryan Gosling), Melhor Atriz (Emma Stone), Melhor Canção Original ("City of Stars") e Melhor Trilha Sonora (Justin Hurwitz) - todos na categoria Musical ou Comédia -, "La La Land: Cantando Estações" obteve 182 nominações e outras 127 premiações nas mesmas categorias. E a indicação para o Oscar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood ainda não saiu.
Nominações
Nominado para 11 categorias no Bafta Awards.
Nominado para Melhor Ator e Melhor Atriz no Screen Actors Guild Awards
Nominado para duas categorias no AARP Movies For Grownups Awards
Nominado para sete nominações do Aliance of Women Film Journalists
Nominações do American Cinema Editors, USA; American Society of Cinematographers, USA; e Art Directors Guild.
Nominado no Casting Society of America
Nominado no Denver Film Critics Society
Nominado no Guild of America
Nominado no Kansas City Film Critics Circle Awards
Nominado no London Critics Circle Film Awards
Nominado no San Francisco Film Critics Circle
Nominado no PGA Awards
Nominado no Toronto Film Critics Association Awards
Nominado no Vancouver Film Critics Circle
Nominado no Writers Guild of America
Premiações
Premiado no AACTA International Awards
Premiado como Filme do Ano no AFI Awards USA
Premiado em quinto lugar entre os Top 10 Filmes do African-American Film Critics Association (AAFCA)
Premiado em quatro categorias no Atlanta Film Critica Society Awards
Premiado no Austin Film Critics Association
Premiado no Boston Online Film Association
Premiado no Boston Society of Film Critics Awards
Premiado no Broadcast Film Critics Association Awards
Premiado no Capri, Hollywood
Premiado em cinco categorias no Central Ohio Film Critics Association
Premiado no Chicago Film Critics Association Awards
Premiado no Dallas-Fort Worth Film Critics Association Awards
Premiado no Detroit Film Critic Society
Premiado no Florida Film Critics Circle Awards
Premiado no Georgia Film Critics Association
Premiado no Hamptons International Film Festival
Premiado no Hollywood Film Awards
Premiado no Hollywood Music in Media Awards
Premiado no Houston Film Critics Society Awards
Premiado no Indiana Film Journalist Association
Premiado no Indiewire Critics’ Poll
Premiado no Iowa Film Critics Awards
Premiado no Key West Film Festival
Premiado no Las Vegas Film Critics Society Awards
Premiado no Los Angeles Film Critics Association Awards
Premiado no National Board of Review
Premiado no National Society of Film Critics Awards
Premiado no Nevada Film Critics Society
Premiado no New York Film Critics Circle A
Premiado no North Carolina Film Critics Association
Premiado no North Texas Film Critics Association
Premiado no Oklahoma Film Critics Circle Awards
Premiado no Online Film Critics Society Awards
Premiado no Palm Springs International Film Festival
Premiado no Phoenix Critics Society Awards
Premiado no Southeastern Film Critics Association Awards
Premiado no San Diego Film Critics Society Awards
Premiado no Santa Barbara International Film Festival
Premiado no Satelite Awards
Premiado no Seattle Film Critics Awards
Premiado no St. Louis Film Critics Association
Premiado no Toronto International Film Festival
Premiado no Utah Film Critics Association Awards
Premiado no Venice Film Festival
Premiado no Village Voice Film Poll
Premiado no Washington DC Area Film Critics Association Awards
Fonte: IMDb

Postêres de "La La Land: Cantando Estações" II


Postêres de "La La Land: Cantando Estações" I


"Fundo penitenciário bajula bandido e ignora vítima"



A lei que criou o Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), há 23 anos, prevê no inciso IX do seu artigo 3º um "programa de assistência às vítimas de crime" que jamais foi criado e no qual nunca se aplicou um centavo. No site do Ministério da Justiça, o Departamento Penitenciário Nacional informa que o Funpen existe para aprimorar o sistema prisional e não faz qualquer referência a iniciativas de apoio às vítimas do crime.
Para vítimas, nada
O Funpen banca ações educativas e culturais e assistência jurídica para presos, diz o site oficial. Não dedica às vítimas nem uma linha.
Sinecura inútil
Especialistas acham que Itamar Franco errou criando o Funpen, dando musculatura ao Depen, cabide de empregos no Ministério da Justiça.
O gato comeu
As contas do Funpen são um mistério, mas arrecadou R$3 bi até 2011 segundo a mais recente edição da "Funpen em Números", de 2012.
Juristur
A lei que criou o Funpen prevê a participação de seus representantes em eventos no Brasil ou no exterior. Para isso nunca faltou dinheiro.
Fonte: Cláudio Humberto

Formatura em Medicina de Vinicius Adorno Gonçalves

No dia 27 de janeiro, às 18 horas, a solenidade de colação de grau de Vinicius Adorno Gonçalves em Medicina pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), na Sede Mater da instituição, no Terreiro de Jesus, em Salvador. No dia seguinte, o baile de formatura, às 21 horas, no Parque de Exposições.
Vinicius é uma pessoa muito querida. É filho do sobrinho de Doralice, Wesley Gonçalves dos Santos, e de Diane Adorno de Lima Gonçalves. E irmão de Vitor Adorno Gonçalves, que faz Engenharia Civil. Na terça-feira, ele foi nos convidar, com a mãe, a avó Balbina e a namorada Sara Raquel Melo.
Ele foi estudante do Nobre e sempre se destacou em Física e Química.
Ficamos felizes com a conquista dele, principalmente pela confiança que Vinicius tem no Senhor.


Trump usa Twitter contra mídia desonesta

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, que toma posse nesta sexta-feira, 20, afirmou que não gosta de usar o Twitter e que o faz para "combater a mídia desonesta", em entrevista para a Fox News. "Eu não gosto de tuitar, mas é a única forma que tenho para responder à mídia, que fala sobre mim de forma muito desonesta", disse.
Em relação a um relatório divulgado que insinuava que Trump teria ligações com a Rússia, Trump reiterou que são "notícias falsas". "A CIA nunca deveria ter feito parte disso, pois foi inventado, nunca aconteceu e a razão pela qual digo isso com tanta veemência é porque nunca vai aparecer uma gravação, pois nada disso aconteceu", afirmou.
Ele disse que já está com o discurso da posse pronto e que deve agradecer Barack Obama e a primeira-dama, Michelle Obama, e afirmou que ambos estão sendo "absolutamente agradáveis".
Trump confirmou que na noite da posse da presidência toda sua família passará a noite na Casa Branca. Entretanto, sua mulher, Melania Trump e seu filho mais novo devem morar em Nova York até ele terminar o ano letivo escolar.
O republicano também falou sobre as celebridades que declararam que não participariam de sua cerimônia de posse. "Muitas das celebridades que afirmaram que não vão... elas sequer foram convidadas", declarou. "Eu não quero celebridades por lá. Eu quero o povo", disse.



Jovem Aprendiz: Senai oferece 151 vagas em Feira de Santana para cursos de aprendizagem industrial básica

Todos os cursos são gratuitos e não há taxa de inscrição 
para o processo seletivo.
Estão abertas até 12 de fevereiro (ou até ser atingida a quantidade máxima de 10 candidatos por vaga) as inscrições para os cursos de Aprendizagem Industrial Básica do Senai-BA. Em todo o Estado, são 1.058 vagas em 11 cursos.
Em Feira, são 151 vagas para os cursos de Assistente Administrativo, Assistente de Produção, Auxiliar de Laboratório de Análises Físico-Químicas e Operador de Suporte Técnico em Tecnologia da Informação.
Os candidatos devem ter de 14 a 21 e 18 a 21 anos, a depender do curso. Os interessados devem se inscrever exclusivamente pela internet, no site www.fieb.org.br/senai.
Os candidatos aprovados no processo seletivo poderão ser contratados como aprendizes pelas indústrias. Conforme determina a legislação, os alunos com contratos de aprendizagem cumprirão ainda uma etapa prática na empresa por uma carga horária igual ou maior que à fase escolar do Senai. 
A lista de cursos, as localidades onde serão oferecidos e outras informações estão disponíveis no edital, que pode ser acessado no site do Senai Bahia.
Curso
Turno
Vagas
Assistente Administrativo
matutino
40
Assistente de Produção
vespertino
32
Auxiliar de Laboratório de Análises Físico-Químicas
vespertino
40
Operador de Suporte Técnico em Tecnologia da Informação.
vespertino
39

(Com informações da Gerência de Comunicação Institucional da Federação das Indústrias do Estado da Bahia)

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Filmes em Exibição no Orient Cinemas Boulevard




Semana até 25 de janeiro de 2017

LANÇAMENTOS NACIONAIS
LA LA LAND: CANTANDO ESTAÇÕES (La La Land), de Damien Chazelle, 2016. Com Ryan Gosling, Emma Stone e Amiée Conn. Comédia dramática, romântica e musical. Retrata a história de Mia, uma aspirante a atriz, e Sebastian, um talentoso músico de jazz que está se dedicando a carreira. Eles se encontram em uma cidade conhecida por destruir esperanças e quebrar os corações. Cópia dublada. Classificação: Livre. Duração: 129 minutos. Horários: 17 horas  e 21h30. Sala 1 (240 lugares).
OS SALTIMBANCOS TRAPALHÕES, de João Daniel Tikhomiroff, 2016. Com Renato Aragão, Dedé Santana e Leticia Colin. Comédia. Didi é um funcionário humilde que logo se torna a principal atração do Circo Bartolo. Sabendo disto, o dono do circo encontra um jeito de passá-lo para trás e embolsar o dinheiro de suas apresentações. A decisão faz com que sua filha, Karina, fique contra o próprio pai. Classificação Livre. Duração: 99 minutos. Horário: 14h50  e 19h30. Sala 1.
TRIPLO X 3: REATIVADO (xXx: Return of Xander Cage), de D. J. Caruso, 2017. Com Vin Diesel, Samuel L. Jackson, Nina Dobrev e Toni Collette. Thriller e ação. Mais uma missão do agente Xander Cage. Após um período no exílio, ele terá que enfrentar um temido time para recuperar uma arma letal conhecida como Caixa de Pandora. Xander precisará recrutar outros agentes extremos para combater o que parece ser uma conspiração no mais alto escalão dos governos mundiais. Não recomendado para menores de 14 anos. Duração: 111 minutos. Horário: 13h50, 16h10  e 18h30, com cópia dublada, e 20h50, com cópia legendada. Sala 3 (165 lugares).
CONTINUAÇÕES
EU FICO LOKO, de Bruno Garotti, 2016. Com Christian Figueiredo e Alessandra Negrini. Comédia. Christian é um adolescente que tem certeza de que é diferente: tudo acontece com ele. As mais embaraçosas histórias da sua infância e adolescência ele escreveu em um diário - o que não impede que agora todos tenham conhecimento. Em segunda semana. Não recomendado para menores de 10 anos. Duração: 93 minutos. Horário: 16h40. Sala 2 (158 lugares).
ASSASSIN'S CREED (Assassin's Creed), de Justin Kurzel, 2016. Com Michael Fassbender e Marion Cotillard. Ação e fantasia. Através de uma tecnologia que desbloqueia as memórias genéticas, Callum Lynch vivencia as aventuras de seu antepassado Aguilar, na Espanha do século XV. Ele descobre que é descendente de uma sociedade secreta, The Asassins, e acumula conhecimento para assumir a organização poderosa nos dias atuais. Cópia dublada. Em segunda semana. Não recomendado para menores de 14 anos. Duração: 111 minutos. Horário: 14h10, 18h40 e 21h10. Sala 2 (158 lugares).

MOANA: UM MAR DE AVENTURAS (Moana), de John Musker e Ron Clements, 2016. Animação. Uma jovem decide velejar através do Oceano Pacífico, com a ajuda de um semideus, em uma viagem que pode mudar a vida de todos de sua tribo. Em terceira semana. Classificação: Livre. Duração: 113 minutos. Horário: 16h20. Sala 4 (261 lugares).
MINHA MÃE É UMA PEÇA 2, de Cesar Rodrigues, 2016. Com Paulo Gustavo e Patricia Travassos. Comédia. A escandalosa D. Hermínia lida com o afastamento dos filhos, a chegada do primeiro neto e uma visita inesperada da irmã que mora fora do país. Em quinta semana. Não recomendado para menores de 12 anos. Duração: 86 minutos. Horários: 14h20, 18h50 e 21 horas. Sala 4.
ENDEREÇO E TELEFONES 
Orient Cinemas Boulevard - Multiplex do Boulevard Shopping, telefax 3225-3185 e telefone 3610-1515 para saber informações sobre programas e horários.
(Com informações do Departamento de Marketing do Orient Cinemas)

Planetário em "La La Land: Cantando Estações"; planetário em Feira de Santana


Ryan Gosling e Emma Stone em cenas de "La La Land: Cantando Estações", vendo-se o planetário da Carl Zeiss
Foto: Divulgação

Planetário XKP4 Quinto Digital implantado há oito anos no Museu Parque do Saber
Foto: ACM

Em "La La Land: Cantando Estações", entre tantas referências, faz homenagem ao clássico "Juventude Transviada" (Rebel Without a Cause), de Nicholas Ray, 1955, com James Dean e Natalie Wood. É executada a canção "Rebel", conduzida por Leonard Rosenman (cortesia da Warner Bros. Entertainment Inc.) no Planetarium de Los Angels.
Trata-se do Griffith Observatory, cujo planetário tem cúpula de 23 metros e comporta 298 pessoas em seu auditório. O equipamento é da Carl Zeiis.
Como se sabe, em Feira de Santana tem planetário - o ZKP4 Quinto -, no Museu Parque do Saber, com cúpula de 13 metros e auditório para 165 pessoas. Foi inaugurado há oito anos, em 15 de dezembro de 2008, pelo então prefeito José Ronaldo.


Trilha sonora premiada de "La La Land: Cantando Estações"



"1812 Overture"

Letra de Pyotr Ilyich Tchaikovsky Pyotr
Performance de Kálmán Berkes and the Tokyo Musashino Academia Musicae Chorus and Symphony Orchestra
Com arranjo de Source/Q and Naxos
"No Two Words"
Música de Justin Hurwitz
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"Si Ridesta in Ciel l'Aurora"
(De "La Traviata")
Letra de Giuseppe Verdi
Performance da Slovak Radio Symphony Orchestra and Chorus
Com arranjo de Source/Q
"Anyone Can Get It"
Música e letra de Marius De Vries, Eldad Guetta, Justin Hurwitz e Jarred Pellerin
Performance de Pell
"It Happened At Dawn"
Música de Justin Hurwitz 
Letra de Damien Chazelle
Performance de Desiree Garcia

"Another Day of Sun"
Música de Justin Hurwitz 
Letra de Benj Pasek e Justin Paul
Performance de Nicholai Baxter, Marius De Vries, Briana Lee, Angela Parrish e Sam Stone
"Japanese Folk Song"
Letra de Renatarô Taki
Arranjo e performance de Thelonious Monk 

"Jingle Bells"
Arranjo de Tommy Newsom 
Performance de Boots Randolph 
Arranjo de Source/Q
"Silent Night"
Arranjo de Justin Hurwitz 
Performance de Eddie Wakes
"Someone in the Crowd"
Música de Justin Hurwitz 
Letra de Benj Pasek e Justin Paul
Performance de Callie Hernandez, Sonoya Mizuno, Jessica Rothenberg e Emma Stone.
"Jingle Bells"
"We Wish You A Merry Christmas"
"Deck The Halls"

Arranjos de Justin Hurwitz
"Take On Me"
Letra de Magne Furuholmen, Morten Harket e Pal Waaktaar
Performance de D.A. Wallach
"I Ran"
Letra de Frank Maudsley, Paul Reynolds, Ali Score e Michael Score
Performance de D.A. Wallach
"Tainted Love"
Letra de Ed Cobb
Performance de Soft Cell 

"A Lovely Night"
Música de Justin Hurwitz
Letra de Benj Pasek e Justin Paul
Performance de Ryan Gosling e Emma Stone
"When I Wake"
Letra de Justin Hurwitz

"Herman's Habit"
Música de Justin Hurwitz
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"Rialto at Ten"
Música de Justin Hurwitz 
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"City of Stars" (Pier)
Música de Justin Hurwitz 
Letra de Benj Pasek e Justin Paul 
Performance de Ryan Gosling 
“Rebel” ("Planetarium") 
De "Juventude Transviada" (Rebel Without a Cause)
Conduzida por Leonard Rosenman 
Cortesia da Warner Bros.
Entertainment Inc.
"Madeline"
Música por Justin Hurwitz
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"It Pays"
Música de Justin Hurwitz 
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"Start a Fire"
Música e letra de John Legend, Marius De Vries, Angelique Cinelu e Justin Hurwitz 
Performance de John Legend
"City of Stars"
Música de Justin Hurwitz 
Letras de Benj Pasek e Justin Paul 
Performance de Ryan Gosling e Emma Stone 
"Surprise"
Música de Justin Hurwitz 
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"Boise"
Música de Justin Hurwitz
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"Audition"
Música de Justin Hurwitz 
Letra de Benj Pasek e Justin Paul 
Performance de Emma Stone 
"Boy in the Park"
Música de Justin Hurwitz
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"Cincinnati"
Música de Justin Hurwitz 
Performance de La La Land Jazz Ensemble
"City ff Stars" (Humming)
Música de  Justin Hurwitz
Performance de Emma Stone 
Fonte: IMDb