Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

*

*

Contagem regressiva

My countdownCountdown

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Simples, funcional e necessário


Empresas do setor da construção, cada dias mais atentas às reais 
necessidades dos clientes, investem em ideias simples, 
mas que resolvem os problemas do dia a dia, e atraem consumidores


Uma das reclamações mais comuns de quem vive em apartamento é a falta de espaço para guardar as roupas de cama – item que recebe cuidado especial das donas de casa, já que representa o enxoval do casamento, de regra, escolhido com muito carinho.
De olho nessa necessidade de seus clientes, a construtora Casa Mais já disponibiliza nos apartamentos um espaço destinado exclusivamente para acomodação das roupas de cama: a rouparia. "São armários próprios destinados a armazenagem de roupas para uso coletivo da família, como toalhas, roupa de cama, edredons etc. São práticos, facilitando a vida na correria do dia a dia e priorizam a organização", explica o diretor da empresa Peterson Querino.
Como geralmente os apartamentos têm tamanho menor, se comparado com uma casa, cada centímetro é bem aproveitado e tem um papel específico, acolhendo móveis e objetos dos moradores de forma confortável. Uma sugestão para aproveitar o espaço de forma inteligente é instalar a rouparia na área de circulação entre os quartos, tornando um ambiente inutilizado em algo que é muito útil no cotidiano das famílias. "Propomos aquele espaço extra do corredor de acesso aos quartos para os armários, que podem ter ou não portas, a critério do morador", conta Peterson.
Com essa ação, a Casa Mais visa mostrar que atitudes simples podem tornar a vida dos clientes mais fácil e dinâmica. "Às vezes quebramos a cabeça pensando em ideias mirabolantes e perdemos tempo. É preciso conhecer o cliente de perto e assim propor soluções que, mesmo simples, resolvam os problemas dele, que torne o cotidiano mais funcional. Estamos sempre atentos a isso e buscando saber as reais necessidades de nossos clientes", encerra o diretor da construtora.

(Com informações de Ana Paula Horta e Fernanda Pinho, a Mão Dupla Comunicação)

Nenhum comentário: