*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

"Por Santa Maria!"

Por Maria Helena RR de Sousa 
Ontem perdemos outra grande batalha.
Chorar não resolve.
Demonstrar sentimentos de dor menos ainda.
Dar entrevistas?
Por Deus, calem a boca.
Postar mensagens de sofrimento, as autoridades que me desculpem, é matar os mortos pela segunda vez.
A única atitude que merecerá o respeito e a gratidão de um povo sofrido:
Nunca mais um estabelecimento, seja lá o que for, boate, shopping, clube, bordel, escola, escritório, cinema, bar, oficina, sem o alvará dos bombeiros em dia.
Sem a licença para funcionamento perfeitamente em ordem.
Nunca mais um espaço com uma única porta de saída, a não ser que seja uma lojinha de 3x3m
Shows de banda em locais fechados só com vistoria renovada dos locais onde se dará o show. E que o produtor do show seja um dos responsáveis legais.
Nunca mais a venda de sinalizadores (flares) a não ser para casos documentados como necessários e jamais para gracinhas em shows.
Já que prisão para os responsáveis é como a fumaça que a essa altura não mais paira sobre Santa Maria, que pelo menos a partir de hoje, 28 de janeiro de 2013, todos os estabelecimentos sem condições de funcionamento seguro sejam lacrados e as chaves do cadeado entregues a um grupo de jornalistas da cidade onde ficam esses espaços. O grupo de jornalistas será, juntamente com as autoridades eleitas ou nomeadas, o responsável legal pela possível reabertura que só se dará depois de cumpridas todas as leis sobre funcionamento em segurança de locais destinados a receber público.
Qualquer exibição de solidariedade é inútil diante da morte.
O que esperamos de nosso Governo e da Imprensa é ação positiva. Lágrimas cada um tem as suas. Não precisamos de estímulo para sofrer. E chorar.
Perdemos mais essa batalha. Vamos tentar não perder a guerra.
Fonte: "Blog do Noblat"

Nenhum comentário: