*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Homossexual é apontado como suspeito de matar pai, tia e prima em Manaus



Por Julio Severo
Um homossexual é o principal suspeito do assassinato de três pessoas de sua família. O crime, que segundo os familiares foi motivado por vingança, chocou a cidade de Manaus na terça-feira, 22.
Com a ajuda de mais quatro homossexuais, o publicitário Jimmy Roberto Brito, de 30 anos, é acusado de matar o próprio pai, Roberval Roberto Brito, 63 anos; a tia, Maria Gracilene Roberto Belota, 52 anos, e a prima, Gabriela Belota, de 26 anos.
Gracilene e Gabriela foram surradas, torturadas e mortas no apartamento delas. Roberval foi torturado na casa dele. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), no sofrimento final as vítimas foram asfixiadas e depois degoladas.
De acordo com a versão dos familiares, mencionado pela Rádio CBN de Manaus, Jimmy foi expulso de casa ao entrar em conflito com o pai, que se recusava a aceitar os parceiros sexuais dele em casa.
Depois da expulsão, Jimmy procurou a ajuda da tia e sobrinha, que o abrigaram, mas acabaram expulsando-o também por trazer seus parceiros sexuais para dentro de casa.
Embora os familiares apontem vingança como principal motivação, a grande mídia, inclusive Globo e Record, têm evitado mencionar a homossexualidade dos assassinos e têm recusado aceitar a versão dos familiares, preferindo em vez disso atribuir os assassinatos a uma briga por herança.
Com informação da CBN, R7 e Yahoo Notícias
Fonte: Liberesfera

Nenhum comentário: