Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

sexta-feira, 20 de junho de 2014

As orientações de Reinaldo Azevedo sobre um certo Trajano



Por Reinaldo Azevedo
Ora, que graça!
Recebi aqui algumas ofensas de uns vagabundos - e também me enviam mensagens que estão nas redes sociais a respeito - porque o senhor Trajano, da ESPN (esqueci o prenome dele), foi interrompido por um coro de protesto de torcedores quando fazia uma entrada ao vivo na emissora em que trabalha. O vídeo está aqui.
Segundo os delinquentes que escreveram, seria culpa minha. É mesmo? Então vamos ver: Dilma é vaiada no estádio, e o culpado somos eu e outros oito jornalistas. Espectadores (devem ser) da ESPN expressam o seu desagrado com o comentador de futebol, e eu é que deveria responder por isso?
Vamos reconstituir os fatos. Este senhor resolveu dar um pito nos torcedores que vaiaram Dilma. Houve, até onde entendi, uma reação indignada dos próprios assinantes da ESPN, razão por que ele voltou ao tema, cheio de coragem e valentia, bateu no peito, se disse um grande e corajoso herói, anunciou que não iria mudar de opinião e identificou os responsáveis: Reinaldo Azevedo, Augusto Nunes, Diogo Mainardi e Demétrio Magnoli.
Eu nunca nem tinha ouvido falar desse cara; desconhecia a sua existência. Apenas respondi à sua agressão gratuita. Por mim, ele que continue a trabalhar à vontade e siga na sua irrelevância de sempre. Existindo brasileiros - não creio que haja porque as pessoas têm coisas mais importantes a fazer - que sigam as minhas orientações, lá vai uma: não perturbem as transmissões do sr. Trajano. Deixem o homem em paz. Ele tem todo o direito de não querer que a "elite branca" assista às transmissões da ESPN.
De resto, gente, "A Lista de Trajano" é menor do que "A Lista do PT". O homem só pediu quatro cabeças. O PT quer logo nove (incluindo aquelas quatro…).
Ao fazer o ataque bucéfalo que fez, Trajano deixou claro que, por ele, aqueles quatro estariam sem emprego. Por mim, Trajano continua a comer o seu caviar progressista, sem perturbações. Se, até agora, ninguém se dava conta disso, o mundo pode continuar assim.
Pronto! Quem seguir a orientação de Reinaldo Azevedo passa a ignorar o sr. Trajano.
Fonte: "Blog Reinaldo Azevedo"

Nenhum comentário: