*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Cristina Kirchner amplia o domínio sobre mídia argentina


Em março passado, o canal argentino C5N tirou abruptamente do ar uma entrevista com Alberto Fernández, no momento em que ele, ex-chefe de Gabinete dos governos Néstor e Cristina Kirchner (foto abaixo), falava do escândalo de corrupção envolvendo o vice-presidente Amado Boudou.
Segundo fontes da emissora, a censura foi uma ordem da Casa Rosada ao dono da empresa, Daniel Hadad. As mesmas fontes confirmaram na quarta-feira, 25, que Hadad acaba de vender o canal e quatro emissoras de rádio para o empresário Cristóbal López, um dos principais aliados de Cristina no setor privado.
A operação ainda não foi anunciada oficialmente. Na quarta-feira, colaboradores de López negavam as negociações. Mas jornalistas do canal e de outros meios locais confirmaram que López comprou o C5N - canal de notícias a cabo - e as rádios AM 10 - a de maior audiência no país -, FM Pop, Mega e Vale. Assim, empresários vinculados ao kirchnerismo ampliaram sua fatia num setor considerado estratégico pela Casa Rosada.
Fonte: "O Globo"

Nenhum comentário: