*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Filme que promete ser de "arromba"



Gabriel Leone, Malu Rodrigues e Chay Suede em "Minha Fama de Mau"
Foto: Divulgação

Em "Minha Fama de Mau", de Lui Farias, figuras icônicas do cenário musical brasileiro, a partir do cantor e compositor Erasmo Carlos (Chay Suede). Assim, um mergulho nostálgico na música e na vida de Erasmo, o Tremendão, um símbolo do rock nacional. O filme tem lançamento nacional nesta quinta-feira, 14, com três sessões - 13h40, 18h20 e 20h50 - no Orient Cineplace Boulevard.
O drama é inspirado na biografia do próprio artista. Aparecem na trama, Roberto Carlos (Gabriel Leone), Vanderleia (Malu Rodrigues), Carlos Imperial (Bruno de Luca), Billy Blanco (Paulo Machado), Candinha (Paula Toller), Tim Maia, então Tião (Vinicius Alexandre).
Tem referências a "Roberto Carlos em Ritmo de Aventuras", de Roberto Farias, pai de Lui, realizado em 1968, com a abertura do filme. Também a Elvis Presley, Bill Halley and His Comets, Bobby Darin, Chuck Berry. Citações a Renato e Seus Blue Caps, Rosemary e Eduardo Araújo.
O filme resgata 17 sucessos dos anos 60: "Minha Fama de Mau", "Festa de Arromba", "Eu Sou Terrível", "Lobo Mau", "Sentado à Beira do Caminho", "Vem Quente Que Eu Estou Fervendo", "Gatinha Manhosa", "Prá Sempre" e "Devolva-me", interpretadas por Chay Suede, esta última com Malu Rodrigues, que também canta  "Prova de Fogo" e "Meu Anjo de Guarda". Já Gabriel Leone interpreta "Parei na Contra Mão", "É Proibido Fumar", "Suzie", "O Calhambeque", "Amigo" e "João e Maria". "O filme está preocupado em contar a história das músicas e daí a trajetória do cantor, do autor", diz Lui Farias.

Nenhum comentário: