Lançamento em 30 de agosto

Lançamento em 30 de agosto
Orient Cineplace Boulevard

terça-feira, 5 de junho de 2018

"Juiz Sergio Moro não descobriu 'doença grave' nem está 'muito ruim'"

Notícia falsa publicada por blog foi desmentida 
pela assessoria do juiz federal
Passada a enxurrada de notícias falsas a respeito da greve de caminhoneiros e de seus desdobramentos, os criadores de boatos da Internet voltam a fantasiar sobre seus assuntos prediletos. O juiz federal Sergio Moro, por exemplo. Um blog notoriamente mentiroso, o Saúde, Vida e Família, publicou a seguinte manchete na segunda-feira, 4: "Sérgio Moro descobre doença grave e triste noticia [sic.] abala o Brasil!".
A "reportagem" afirma que o juiz "está muito ruim" e foi atendido por um médico, que teria chegado a solicitar um desfibrilador, aparelho utilizado em pacientes com parada cardíaca, por exemplo. Leia abaixo a cascata:
Sérgio Moro está muito ruim. Foi atendido pelo médico Gustavo Johnen por volta das 7:00 horas. "Tragam um desfibrilador. Ele está muito ruim, e com problema no coração e a pressão está alta", disse o médico. Parlamentares próximos negam mau estado de saúde, apesar de desfibrilador ter sido fotografado por jornalistas no local.
Segundo o portal de notícias da UOL, pessoas no local atribuem a emoção à indecisão do que vai ser feito, já que o Moro quer esperar os últimos minutos. Sem dormir por horas, o médico está junto com Sérgio Moro na sala que conta apenas com duas garrafas térmicas com café. Medico [sic.] afirma que moro [sic.] vai ter que passar por tratamento mais rápido [sic.] possível [sic.], "tudo que afeta coração tem que ser tratado com muito [sic.] atenção".
Amigos de Sérgio Moro estão do lado dele torcendo para que o Juiz fique melhor e não seja nada grave!
O juiz Sergio Moro deve se mudar para os Estados Unidos, após encerrar sua participação na Lava Jato, segundo nota publicada hoje. Lá ele vai ter melhor atendimento e mais apoio de sua família que vai estar junto com ele [sic.] Sérgio Moro mudou nosso Brasil, colocando o maior bandido na cadeia LULA.
Compartilhe! Vamos mostrar para Moro que estamos junto com ele até nas horas ruins! #SERGIOMORO
Sergio Moro não descobriu que sofre de uma doença grave. Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Justiça Federal do Paraná esclarece que "suposta notícia acerca de problemas de saúde do juiz federal Sergio Moro e divulgada na Internet não é verdadeira".
O texto reproduzido na notícia falsa é uma "adaptação" de uma reportagem publicada pelo portal Universa, do UOL, que narra detalhes das horas que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou dentro da sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), antes de se entregar à Polícia Federal para ser preso, em abril.
É daí que os loroteiros tiraram o nome do médico Gustavo Johnen. Segundo a reportagem do Universa, publicada em 6 de abril, um dia antes da prisão do petista, Johnen foi chamado à sede do sindicato e levou um desfibrilador para a sala onde Lula estava. "Ele está muito emocionado, é diabético e a pressão está alta", explicou o médico, que teve a declaração "ajustada" à fictícia doença atribuída a Sergio Moro.
A citação aos "parlamentares próximos", que faz muito mais sentido em se tratando de um político como Lula - e não de um juiz, como Moro -, também foi retirada da reportagem, assim como as "duas garrafas térmicas com café", que compunham o cenário da sala onde o petista esteve no sindicato.
Como de praxe, o Me Engana Que Eu Posto alerta para os erros de grafia e gramática no texto, incomuns em reportagens confiáveis, e para o fato de que uma notícia de grande repercussão como esta, caso verdadeira, seria amplamente registrada pela imprensa profissional. Bastaria uma busca na Internet para encontrar conteúdo fidedigno sobre o assunto. Quanto à "doença grave" de Sergio Moro, no entanto, tudo o que se encontra é a lorota publicada pelo blog.
Agora você também pode colaborar com o Me Engana Que Eu Posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita - ou tem certeza - ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.
Fonte: https://veja.abril.com.br

Nenhum comentário: