*

*

terça-feira, 29 de maio de 2018

Feira de Santana e seus distritos



Segundo a divisão administrativa do Brasil, concernente a 1911, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Feira de Santana subdividia-se em nove distritos: o da séde e os de Almas, Bom Despacho, Bonfim, Humildes, Itapororocas, Remédios da Gameleira, Santa Bárbara, Tanquinho.
Em 1920, Feira de Santana aparece com os mesmos distritos e mais São Vicente. Também aparece São José das Itapororocas (e não mais Itapororocas).
No quadro territorial fixado pelo Decreto Estadual nº 11.089, para vigorar no qüinqüênio 1939-1943, os mesmos distritos apontados em 1933, alguns com alterações toponímicas, como Ipuaçu (ex- Remédios da Gameleira), Itacuruçá (ex-Bonfim), Maria Quitéria (ex- São José das Itapororocas). 
Em 1944, mais alterações toponímicas, como Anguera (ex-Almas), Bonfim de Feira (ex-Itacuruçá), Jaguara (ex- Bom Despacho), Pacatu (Santa Bárbara) e Tiquaruçu (ex- São Vicente).
Em 1953, a criação do distrito de Jaíba, com partes da sede, Humildes e Maria Quitéria.
Em 14 de agosto de 1958, Feira de Santana perdeu parte do distrito de Tanquinho para o município do mesmo nome, ganhando para o distrito de Pacatu parte do distrito-séde do novo município.
Em 20 de novembro de 1961 e 14 de novembro do mesmo ano, registraram-se os desmembramentos dos distritos de Anguera e Pacatu (Santa Bárbara), que passam a ser municípios.
Desde então, Feira de Santana conta com os distritos sede, Bonfim de Feira, Humildes, Ipuaçu (que passa a ser Governador João Durval Carneiro pela lei estadual nº 4224, de 26 de dezembro de 1983), Jaguara, Jaíba, Maria Quitéria e Tiquaruçu.
Os distritos de Almas e São José das Itapororocas foram criados ela resolução provincial nº 657, de 16 de dezembro de 1857; Remédio da Gameleira foi criado pela resolução provincial nº 737, de 18 de maio de 1859; o distrito de Santa Bárbara foi criado pela resolução provincial nº 742, de 06 de junho de 1859; o distrito de Bonfim foi criado pela resolução provincial nº 756, de 16 de junho de 1859; Humildes foi criado pela resolução provincial nº 794, de 13 de julho de 1859; Bom Despacho foi criado pela lei provincial nº 1795, de 03 de julho de 1877; o distrito de Tanquinho foi criado pela lei provincial ou resolução nº 1907, de 28 de julho de 1879.
Por lei estadual nº 978, de 26 de julho de 1913, é criado o distrito de São Vicente.
Pelo decreto estadual nº 11089, de 30 de novembro de 1938, o distrito de Remédio da Gameleira passa a chamar-se Ipuaçu, Bonfim tomou o nome Itacuruçá e o distrito de São José das Itapororocas passou a denominar-se Maria Quitéria.
Pelo decreto estadual nº 141, de 31 de dezembro de 1943, o distrito de São Vicente passou a denominar-se Tiquaruçu, Bom Despacho a chamar-se Jaguara e o distrito de Itacuruçá tomou o nome de Bonfim da Feira.
Pelo decreto estadual nº 12978, de 01 de junho de 1944, o distrito de Almas passou a denominar-se Anguera e o distrito de Santa Bárbara tomou o nome de Pacatu.


Nenhum comentário: