Venda antecipada de ingressos no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada de ingressos no Orient Cineplace Boulevard

Em lançamento mundial no Orient Cineplace Boulevard

Em lançamento mundial no Orient Cineplace Boulevard
13 - 15h40 - 18h25 (Dub) - 21h10 (Leg) no Orient Cineplace Boulevard

terça-feira, 18 de abril de 2017

"Sinais de Cinza: A Peleja de Olney Contra o Dragão da Maldade" tem exibição


Assista ao trailer
O documentário "Sinais de Cinza: A Peleja de Olney Contra o Dragão da Maldade", do cineasta baiano Henrique Dantas, tem sessão especial nesta terça-feira, 18, às 19 horas, na Saladearte - Cinema do Museu, na Vitória, em Salvador. A exibição será seguida de debate com o autor.
O filme refaz a trajetória  do cineasta baiano Olney São Paulo (1936-1978), nascido em Riachão do Jacuípe - e que viveu em Feira de Santana -, que foi perseguido e torturado pela ditadura militar, por causa do média-metragem "Manhã Cinzenta" (1969). 
"Sinais de Cinza", explica o autor, "procura dar a dimensão da importância do cinema de Onley São Paulo (Foto), assim como dos absurdos cometidos pela ditadura militar na vida deste cineasta caboclo e sertanejo, que tinha a ideia de mudar o mundo a partir de seu cinema revolucionário". 
O filme trabalha com projeções de obras de Olney em espaços desgastados por onde ele passou ao longo de sua vida, incluindo a sala em que foi torturado. E tem sua narrativa costurada através de depoimentos de cineastas como  Guido Araújo, Luís Paulínio dos Santos, Nelson Pereira dos Santos, Orlando Senna e Silvio Tendler.
Finalizado há quatro anos, em 2013, "Sinais de Cinza" passou por festivais como a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival do Rio e Festival de Havana. O cineasta Henrique Dantas também é autor dos documentários "Filhos de João: O Admirável Mundo Novo Baiano", sobre o grupo musical Novos Baianos, e "A Noite Escura da Alma", sobre a  ditadura militar na Bahia.  

Nenhum comentário: