No Aprisco

No Aprisco

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Novo presidente do PMB-BA quer crescimento do partido no Estado



O administrador público Antônio Vargas Neto é o novo presidente estadual do Partido da Mulher Brasileira (PMB) da Bahia, tendo como vice a vereadora de Salvador e presidente do Diretório Municipal Ana Rita Tavares, que prometem ampliar a legenda no Estado. "Assumo a presidência do PMB com muita honra por ser um partido novo, com propostas inovadoras e num momento desafiador, bastante difícil da política nacional. Hoje, nosso principal compromisso é com a ética, a moralidade e o respeito ao ser humano em todo seu contexto. Hoje, nosso principal desafio é resgatar a credibilidade do cidadão na política", afirmou Vargas.
Vargas é administrador público especialista em gestão pública e planejamento governamental, ex-diretor administrativo e ex-gerente de recursos humanos da Secretaria de Agricultura do Estado da Bahia. Tem vasta experiência política, atuando como assessor parlamentar. "Esta minha vivência tanto na administração pública, quanto na vida parlamentar é que me credenciam a dirigir os rumos de um partido como o PMB na Bahia. Vamos fazer nosso partido crescer e estar presente em boa parte dos municípios baianos, implantando uma nova forma de fazer política", disse.
Ele lembra que o PMB surgiu propondo uma nova forma de fazer política, com ética, honra, respeito, dignidade e patriotismo, visando o envolvimento do cidadão e cidadã brasileiros a trabalharem por uma sociedade mais justa e igualitária. "Com novas práticas, vemos a necessidade de resgatarmos antigos valores como o amor à Pátria, a valorização do povo brasileiro e o respeito aos nossos símbolos, por exemplo. Nosso partido e nossa conduta será utilizadas em defesa da igualdade social e de direitos, do respeito às individualidades, e da busca pela equiparação econômica, social e política entre homens e mulheres. E sem esquecer que nossa legenda trabalha pelo empoderamento feminino, como uma de suas bases de atuação", concluiu Vargas. 
(Com informações de Aloisio Araujo Jr.)

Nenhum comentário: