*

*

quarta-feira, 5 de abril de 2017

"Força-tarefa devassa 20 mil 'projetos culturais'"



Serão finalmente analisadas as prestações de contas de quase 20 mil "projetos culturais" beneficiados pela Lei Rouanet durante os governos petistas de Lula e Dilma, como a produtora da mulher do ex-ministro Franklin Martins. O Ministério da Cultura vai contratar 71 funcionários temporários para verificar se os recursos obtidos com o auxílio da Lei de Incentivo à Cultura foram embolsados ou aplicados corretamente.
A produtora de madame
Atendida pela Lei Rouanet na era PT, a mulher do ex-jornalista Franklin Martins, Mônica Monteiro, é dona da produtora Cine Group.
Faturou bem
Desde 2009 a produtora da mulher de Franklin Martins solicitava benefícios da Lei Rouanet para 14 projetos. Levou R$ 2,8 milhões.
Só com carteirinha
Nos governos do PT, a Lei Rouanet foi usada para beneficiar amigos, produtores e artistas filiados ao partido.
Farra saiu cara
Quem entende do assunto prevê que as irregularidades com a Lei Rouanet podem passar de meio bilhão de reais.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: