*

*

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14
Orient Cineplace Boulevard - 15 - 18 (Dub) - 21 (Leg)

quinta-feira, 23 de março de 2017

Luiz Gonzaga e Fagner cantam Feira de Santana


Ouça "Feira de Gado", letra de Luiz Gonzaga, com ele cantando junto a Fagner
 
Companheiro, esse gado tá enfadado
Vamo aproveitar essa sombra aqui
embaixo desse pé-de-pau?
Vame'mbora véi
Ê gado
Mundo Novo adeus
Adeus minha amada
Eu vou pra Feira de Sant'ana
Eu vou vender minha boiada
Ê boiada, ê boiadão
Meu cachorro ecoa
Na quebrada
Ê boi
De quem é esse gado menino?
É de seu João
Que João?
Serafim
Meu cantar saudoso
Amansa a boiada
Quando eu aboio, moça bonita
Ai, ai, suspira apaixonada
Ê gadão, ê boiada, ô
É gado baiano meu fí,
É gado gordo liso, zelado
Pra onde é que vai com esse gado, boiadeiro?
Não me chame boiadeiro
Que eu não sou boiadeiro não
Eu sou um pobre vaqueiro
Boiadeiro é o meu patrão
Ê boi, ê boiada
Faz três dias que eu não como
Faz quatro que eu não armoço
Pelo amor daquela ingrata
Quero comer e não posso
Ê boi, ê boiada
Vaqueiro apaixonado
Ê boi, Ê gadão, ê boiada
É meu fí
Isso aqui é gado de Feira de Sant'ana, meu fí
Pra onde é que vai com esse gado?
É gadão, É gado bom, gado bravo
Ê boiada, ê boiada, ê
Meu cachorro ecoa
Na quebrada, ê

Nenhum comentário: