quarta-feira, 22 de março de 2017

"Esquerda 'comemora' baixo índice do IDH, mas dados são de 2015, do governo Dilma Rousseff"



O Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) divulgou relatório referente ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), no qual o Brasil se manteve estagnado em posição bem pouco louvável – 79º de 188 países.
E então, quase em uníssono, a esquerda toma as redes para bater bumbo contra o novo governo, pois seria culpa dele. Pois é. Já seria suficientemente deplorável “comemorar” desgraça, mas a coisa se torna patética quando se vai ao fundo do relatório.
Isso porque ele foi elaborado em 2016, mas usando dados de 2015. Sim, 2015, o “auge” do governo de Dilma Rousseff. Desse modo, os índices apurados refletem a situação terrível em que vivíamos/vivemos e da qual, a duras penas, precisamos sair.
Talvez a esquerda faça isso por pura esperteza, apostando nas bolhas de pós-verdade. Mas também pode ser por ignorância e aquela pressa um tanto arrogante de disparar contra inimigos. Ou até mesmo idiotice, já que no fim das contas comemoram algo ruim.
Mas pode ser também uma soma de tudo isso.

Nenhum comentário: