Terceira semana

Terceira semana
No Orient Cineplace Boulevard - 18h50

No Orient Cineplace Boulevard

No Orient Cineplace Boulevard

*

*

sexta-feira, 24 de março de 2017

25 de Março: Escola de Música homenageia Estevam Moura

Em 7 de agosto de 2014, a 25 de Março promoveu a abertura oficial das atividades da Escola de Música Maestro Estevam Moura, no Centro Comunitário Ederval Fernandes Falcão, no bairro das Baraúnas. "Instrumentos que permitam rendimentos para montar uma escola de música e estimular a formação de jovens músicos foram utilizados", segundo Carlos Brito.
Estevão Moura (Foto 1), que dá nome à escola, segundo o historiador Antonio do Lajedinho foi um grande maestro compositor e professor, que "além de ensinar a música e a arte dos instrumentos musicais, ainda compunham músicas das mais diversas categorias".
Estevam Pedreira de Moura (03.08.1907-09.03.1951) iniciou sua carreira na Filarmônica 26 de dezembro que estava em formação em Santo Estevão e da qual ele foi regente. Sua primeira obra foi o dobrado "Alício Cerqueira". Aos 18 anos, ele transferiu-se para Bonfim de Feira, para reger a Filarmônica Minerva. Também foi regente da banda de Afonso Pena, hoje Conceição do Almeida, e da Filarmônica 25 de março. Foi professor de Música e Canto Orfeônico no Colégio Santanópolis.
O dobrado "Tusca", sua mais complexa e elaborada composição, foi dedicado ao seu filho, que tinha este apelido. Durante o Movimento Modernista, Estevam trocou cartas com o compositor Heitor Villa-Lobos. Morreu aos 43 anos.
O músico e professor Antônio Carlos Batista Neves Júnior, o Tony Neves, feirense e integrante da Filarmônica da Universidade Federal da Bahia (Ufba), é o regente (Foto 2) da Sociedade Filarmônica 25 de Março e responsável pela formação de músicos.
Benfeitores da instituição apoiaram a iniciativa com a doação de instrumentos musicais para a revitalização da secular Filarmônica, que é um patrimônio cultural de inestimável valor para Feira de Santana.

Nenhum comentário: