No Aprisco

No Aprisco

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

José Ronaldo reconhece confiança do eleitorado


Prefeito pela quarta vez não tem desgaste de popularidade


O prefeito José Ronaldo (Foto: ACM) é o terceiro do país em percentual de votação, considerando municípios com mais de 500 mil habitantes. Com 212.408 votos, 71,12%, ele ficou atrás de ACM Neto, também do Democratas, reeleito em Salvador com 73,99%, e de Odelmo Leão (PP), eleito em Uberlândia-MG, com 72,05%. A vitória de José Ronaldo foi com 165.516 votos de frente para o segundo colocado.
Com José Ronaldo em seu quarto mandato - é o primeiro prefeito de Feira de Santana a obter tal feito -, permanência é a palavra chave. Ele não tem desgaste de popularidade.
O prefeito reeleito concedeu entrevista ao jornalista Dimas Oliveira, editor de Política do NoiteDia, na qual trata sobre várias questões.
NoiteDia - Pela quarta vez o senhor se elege prefeito de Feira de Santana, com grande margem de votos. A que se devem as vitórias contínuas?
José Ronaldo - A nossa quarta eleição se deve, como as anteriores, à confiança que o eleitorado tem em meu nome. Confiança à qual agradeço e que retribuo sem fazer promessas mirabolantes e sem prometer nada que não possa concretizar.
NoiteDia - O senhor é o primeiro político a governar Feira de Santana por quatro vezes. A oposição fala em fadiga e desgaste.
José Ronaldo -  A oposição faz o papel dela e respeito isso. Esta argumentação não me incomoda em nada. Tenho recebido a aprovação da população, o que demonstra que estamos seguindo o caminho mais viável.
NoiteDia - Como o senhor inicia o seu quarto governo como prefeito de Feira de Santana?
José Ronaldo - Com a aprovação que tenho da população de Feira de Santana fico estimulado a continuar trabalhando por esta terra que me acolheuComo disse na posse, na Câmara Municipal, no dia 1º, iniciamos mais um mandato sem medo da crise financeira que o país atravessa, sem medo de lutar por dias melhores e de enfrentar os desafios que nos esperam, porque Feira de Santana é muito maior do que todos nós.
NoiteDia - Quais os avanços principais do seu governo?
José Ronaldo - São a educação e a saúde. Construímos escolas de qualidade e em um número expressivo. Na saúde temos uma grande rede de unidades, todas equipadas. Ainda no primeiro semestre a cidade vai ganhar dez escolas, uma nova UPA 24 horas e sete unidades de saúde. Vejo isso como uma ação corajosa do Governo. Também investimos muito no social. Neste primeiro semestre, vamos encaminhar à Câmara Municipal o Plano Diretor do Município. Também estamos focados no término da implantação do BRT com as obras estruturantes ganhando mais impulso, com frentes de serviço atuando simultaneamente em diversos canteiros. Também se destaca o início das obras do Centro de Comércio Popular, no Centro de Abastecimento. Uma área também muito importante a ser destacada é a cultural, com vários eventos sendo mantidos, principalmente o projeto que realizamos todo final de ano que é o Natal Encantado.
NoiteDia - A crise financeira é sentida por todos. Como está a situação financeira da Prefeitura?
José Ronaldo -  O maior problema da crise financeira é que ela recai sobre os municípios, pois onde ocorrem as ações para as comunidades. A crise é muito forte. Isso preocupa, mas estamos  agindo com determinação e coragem para superar as dificuldades e manter as contas da Prefeitura, como sempre mantivemos, em dia. Crises são vencidas com mais trabalho. Fazemos reavaliação de gastos com frequência. Checamos os gastos e avaliamos como podemos diminuir despesas. Assim, continuamos evoluindo em saúde, educação e infraestrutura. A austeridade na gestão pública é importante. No mais, é preciso arrecadar e realizar bem feito, retornando para a população. 
NoiteDia - Além da crise financeira, o Brasil também vive uma crise política e uma crise moral. Como enfrentar o cenário?
José Ronaldo - A crise política, assim como a crise moral estão fortes, impregnadas no cenário nacional. O país está atravessando momentos difíceis e a tendência, dizem os analistas, é de piora. A situação é preocupante mas creio que dias melhores hão de vir.
NoiteDia - Sobre a Operação Lava Jato o senhor já disse que é preciso passar o Brasil a Limpo. Continua com a mesma opinião?
José Ronaldo – Pois é. As investigações continuam ocorrendo e considero que é mesmo necessário passar o Brasil a limpo. 
NoiteDia - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou  recentemente números relativos a 2014 em que Feira de Santana subiu uma posição entre os municípios do país com maior Produto Interno Bruto (PIB), passando de 70º para 69º lugar. Como o senhor analisa esses números?
José Ronaldo - Em 2014, o PIB feirense chegou a R$ 11.733.553. Entre os municípios baianos, somente Camaçari registrou PIB maior. Em termos regionais, Jaboatão dos Guararapes-PE teve melhor desempenho do que Feira. A posição mostra a pujança da  economia feirense, com seu comércio forte e setor de serviços indústria consolidados.
NoiteDia - O senhor foi indicado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) para o Conselho Deliberativo (Condel) como representante da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).  Que consideração sobre isso o senhor pode fazer?
José Ronaldo - A nomeação é uma honra para mim. Agradeço à confiança da Frente Nacional de Prefeitos e lutarei para corresponder. Como conselheiro do órgão federal, espero atuar com dignidade, ética e compromisso. Certamente, estou com mais uma responsabilidade muito grande.
Entrevista publicada no jornal "NoiteDia", edição desta sexta-feira, 13

Nenhum comentário: