quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

"Em Brasília, 19 mortes e nenhum clamor público"



Dados da Policia Civil mostram que nos primeiros dez dias do ano exatas 19 pessoas foram assassinadas em Brasília. Quase duas mortes por dia. Isso sem contar as 29 tentativas de assassinato e cinco de latrocínio. Talvez o fato de não haver presidiários entre as vítimas explique o silêncio da hipocrisia nacional, que ainda chora a morte de assassinos, estupradores e traficantes em Manaus e Boa Vista.
Dia do bandido 
Neste Brasil bandido, há um Estatuto Penitenciário, criado na Câmara, fixando 25 de junho como o Dia do Encarcerado. Já o Dia da Vítima...
Moleza para criminosos 
Projeto do petista Domingos Dutra (MA) obrigava nos presídios creme hidratante, shampoo, condicionador de cabelo, chuveiro quente etc.
Inversão de valores 
No Brasil “politicamente correto”, 19 assassinatos no DF não provocam clamor público, ao contrário de bandidos mortos em guerra de facções.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: