sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Nove meses e 38 edições

Por Dimas Oliveira
Desde a edição de 18 de março, ao longo de nove meses e 39 edições, que escrevo neste espaço, buscando sempre ter conteúdo. Um espaço que tem sido a tribuna semanal do jornalista. Um espaço político de quem procura ter posição claramente democrática. Na coluna são destacados fatos que elevam Feira de Santana.
Como jornalista antenado procuro escrever direito sempre, buscando a qualidade da informação e das opiniões emitidas, com o viés empregado. Os textos refletem a minha visão de mundo. Tem quem goste e quem não goste.
Agradecemos a José Carlos Pedreira o espaço concedido. Também aos meus leitores pelo incentivo.
No período, as publicações foram: "O que é confiança", "Cenário favorável", "Fugindo de entrevista", "Mais um balão de ensaio", "A verdade existe sim", "Cartas fora do baralho", "Tchau querida ou Dilma nunca mais", "Produção de balões de ensaio continua grande", "Recorte do que revela rede social", "Maquiavel impregnado no cenário político", "Zé Neto vai disputar cargo de prefeito nas eleições de 2020?", "Evangélico vota em evangélico?", "A pré-candidatura de Jairo Carneiro", "Êta prefeito retado, ninguém segura", "Novela com balão de ensaio", "Oposição não fala mais nas árvores da avenida", "É tempo de convenções", "Com quantos partidos eu vou", "José Ronaldo confirmado como candidato à reeleição", "Campanha com debate municipalizado", "Vices conhecidos e desconhecidos", "Mais de 400 pretendem eleição de vereador", "Medalha de ouro na corrida eleitoral", "Entre os municípios mais eficientes do Brasil", "Esforço comovente", "Vale a pena continuar ou é melhor mudar", "Possibilidade de mudança no cenário é diminuta", "Influência externa funciona?", "Estratégia pulverizada", "Renovação de mais de 50% na Câmara", "Exemplos para futuras ações no município", “Rotary de Feira de Santana e a política", "Adeus, PT", "O porquê da permanência", "Chegamos", "O que é liderança", "Receitas e despesas das campanhas", e "Representatividade e visibilidade".

No próximo ano, a possível continuação.
Artigo publicado no jornal "NoiteDia", edição desta sexta-feira, 23

Nenhum comentário: