*

*

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

"Não é a PEC, é apenas Lula ameaçado de prisão"



Em agosto de 2015, no Planalto, o presidente da CUT ameaçou "pegar em armas" contra o impeachment . Não por acaso, a CUT patrocinou os protestos violentos desta terça (13), inclusive em Brasília, que não são motivados pela PEC do Teto dos Gastos, mas pelo inconformismo com a iminente condenação e prisão (por corrupção) de Lula, principal referência da "esquerda" brasileira. Isso lembra a frase do marqueteiro James Carville sobre a reeleição de Bill Clinton: "É a economia, idiota!".
Não é por acaso
A escalada da violência nos protestos coincide com o agravamento da situação de Lula, cada vez mais enrolado na Lava Jato.
Força-tarefa do pânico
Lula fez sua própria força-tarefa, com partidos aliados e radicais do MST, CUT etc para tentar garantir sua impunidade pela intimidação.
Luta pela impunidade
Lula foi convencido de que não escapará de condenação da Lava Jato pela via da Justiça, mas pela "luta nas ruas". Acreditou na sandice.
Intimidação
O plano da "força-tarefa" pela impunidade é radicalizar nas ruas para tentar constranger a Lava Jato e o juiz federal Sérgio Moro.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: