#vaiterBRT

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Feira de Santana e a Proclamação da República

Nesta terça-feira, data em que se comemora os 127 anos da Proclamação da República Brasileira, levante político-militar ocorrido em 15 de novembro de 1889 que instaurou a forma republicana federativa presidencialista de governo no Brasil, derrubando a monarquia constitucional parlamentarista do Império do Brasil e, por conseguinte, pondo fim à soberania do imperador Pedro II. Foi, então, proclamada a República dos Estados Unidos do Brasil.
A proclamação ocorreu na praça da Aclamação (atual praça da República), no Rio de Janeiro, então capital do Império, quando um grupo de militares do Exército Brasileiro, liderados pelo marechal Deodoro da Fonseca, destituiu o imperador e assumiu o poder no país.
Foi instituído, naquele mesmo dia, um governo provisório republicano. Faziam parte, o marechal Deodoro da Fonseca como presidente da República e chefe do governo provisório, marechal Floriano Peixoto como vice-presidente, e como ministros Benjamin Constant, Quintino Bocaiuva, Rui Barbosa, e Campos Sales.
Tanto a proclamação como seus principais personagens estão lembrados em Feira de Santana com denominação de logradouros. Praça da República fica ao lado da praça Presidente Médici, onde funciona o Feiraguai. Rua Marechal Deodoro fica entre a avenida Senhor dos Passos e rua Conselheiro Franco. Rua Floriano Peixoto é paralela da avenida Francisco Pinto, na Pedra do Descanso. Rua Quintino Bocaiúva, chamada de rua do Fogo, vai da avenida Maria Quitéria até a avenida João do Durval. Rua Rui Barbosa é a travessa que vai da rua Visconde do Rio Branco até a avenida Senhor dos Passos. Rua Benjamin Constant fica no Ponto Central, assim como a rua Campos Sales. Por fim, no bairro Baraúnas, a existência da ruia 15 de Novembro.
Em 1889, Feira de Santana tinha como intendente, Joaquim dos Remédios Monteiro (foto da Galeria de Ex-Prefeitos de Feira de Santana, colorida digitalmente), que foi o último presidente da Câmara no regime imperial. Ele é nome de praça, onde fica a Igreja de Nossa Senhora dos Remédios.

Nenhum comentário: