#vaiterBRT

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

"Estratégia da defesa de Lula é tirar Moro do sério"



A defesa de Lula adotou a estratégia de tentar desestabilizar o juiz Sérgio Moro, nos depoimentos de testemunhas do processo em que o ex-presidente é acusado de corrupção passiva, pela propina de R$ 3,7 milhões da empreiteira OAS. Deputados do PT apostavam na Câmara, nesta terça (22), que o juiz, cedo ou tarde, perderá a paciência. O suficiente para que os advogados de Lula requeiram sua "suspeição".
Truque estudantil
A defesa de Lula repete um velho truque de assembleias estudantis, atrapalhando os depoentes, o MPF e até o juiz, retirando-os do foco.
Não caiu a ficha
O processo por corrupção passiva contra Lula tramita na Justiça e não numa assembleia, mas ele acha que sua defesa deve ser só "política".
Tentativas inúteis
Os advogados de Lula não conseguiram desestabilizar o juiz Sérgio Moro, que tem conduzido os depoimentos com firmeza e tranquilidade.
Contagem regressiva
Lula anda desesperado porque, apesar das tentativas, não consegue tirar seus processos das mãos de Sérgio Moro. E acha que será preso.
Façam as apostas
A força-tarefa responsável pela Operação Lava Jato faz bolão sobre o destino do ex-presidente Lula. Se há um consenso na Polícia Federal é que o petista será preso. Abril é o mês preferido dos agentes.
 Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: