#vaiterBRT

terça-feira, 11 de outubro de 2016

"Trump desmascara Hillary no debate da CNN"



Hillary e os apresentadores da emissora começaram atacar Trump, lembrando de gravação realizada em âmbito privado, na qual ele usou termos vulgares para se referir a mulheres.
Trump reagiu imediatamente, lembrando das guerras e da explosão do terrorismo no mundo acontecendo sob o governo de Barack Obama e da sua ex-secretária de Estado Hillary Clinton. Incontáveis decaptações de cristãos, massacres e o surgimento da organização terrorista Isis, dentro do cenário terrível da guerra civil na Síria. Um mundo instável e muito mais perigoso, tudo isso devido a queda da liderança mundial dos EUA no cenário internacional, ameaçado por ditaduras terroristas como Irã e Coréia do Norte.
O fato mais marcante ocorreu minutos antes do debate, quando Trump apareceu com as três vítimas de violências sexuais causadas pelo ex-presidente Bill Clinton. As mulheres reafirmaram a cumplicidade de Hillary com os atos criminosos do marido. Uma quarta mulher é Kathy Shelton, estuprada por um maníaco quando tinha 12 anos e que teve como advogada de defesa do estuprador a própria Hillary Clinton.

Ouça mais informações e comentários no boletim da Rádio Vox, com Alex Pereira e Flávio Garcia.    
Donald Trump também recordou o caso dos emails de Hillary Clinton que foram vazados por hackers, divulgados no site Wikileaks. Trump questionou o absurdo dela utilizar servidores de emails particulares no cargo de secretária de Estado, cometendo crime contra soberania dos EUA e colocando em risco a segurança nacional.
Trump disse que se for eleito, vai criar uma investigação sobre o escândalo dos emails vazados de Hillary, e ela poderá ir para a cadeia.
http://radiovox.org
Fonte: "Mídia Sem Máscara"


Nenhum comentário: