#vaiterBRT

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Esforço comovente

Por Dimas Oliveira
Na primeira pesquisa realizada pelo Ibope e divulgada pela TV Subaé, no "BA TV 2ª Edição", no dia 22 de agosto, Zé Neto (PT),  Jhonatas Monteiro (Psol), Jairo Carneiro (PP), Ângelo Almeida (PSB) e Leonardo Pedreira (PC), somam juntos 25%, abaixo da metade do número conseguido pelo prefeito José Ronaldo (Democratas), que aparece com 64% da intenção de voto.
Nessa pesquisa, José Ronaldo tem rejeição de 16%, enquanto seu considerado principal adversário, o deputado estadual petista Zé Neto tem a maior rejeição, com 42%.
Os candidatos da oposição precisam ter um crescimento astronômico, fantástico, incrível para atingir níveis elevados - todos teriam que crescer 100% para chegar a 50% - e ainda contar com queda de José Ronaldo.
Contudo, deve ser registrado o comovente esforço de parte dos meios de comunicação em fazer crer na força da estratégia de pulverização de candidatos, que provocaria segundo turno nas eleições - há 20 anos e quatro pleitos que a possibilidade não ocorre em Feira de Santana, com a ascensão da Era José Ronaldo.
O cenário não é favorável para os candidatos da oposição ao atual prefeito e eles até enfrentam problemas internos em suas campanhas. Exemplo da coligação "Feira Agora Tem Opção", que perdeu seu candidato a vice-prefeito, Josafá Ramos Dantas, o Tutinho (PR), indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até esta segunda-feira, 12, o prazo para definição do candidato a vice de Jairo Carneiro.
O petista Zé Neto está tendo o apoio explícito do governador Rui Costa na propaganda eleitoral, o que não ocorre com Jairo Carneiro. Jaques Wagner, Lula e Dilma Rousseff de outras campanhas petistas não aparecem mais.
Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, esteve em Feira de Santana no feriado do Dia da Pátria, participando de atividades em apoio à candidatura de Angelo Almeida (PSB) e Enoque Meneses (Rede). Antes, a senadora Lídice da Matta e o ex-deputado Domingos Leonelli estiveram em Feira demonstrando apoio ao correligionário. Ainda não foi aferida a influência deles na campanha.
Outras pesquisas vão mostrar os efeitos da campanha no rádio e na televisão.
Faltando 23 dias para as eleições, há como reverter o amplo favoritismo do prefeito José Ronaldo? A situação dele nas pesquisas é bem favorável e o tempo é curto para provocar uma mudança no cenário. 
No mais, pelas expressões dos rostos de Ângelo Almeida, Jairo Carneiro, Jhonatas Monteiro e Zé Neto - Leonardo Pedreira ainda não apareceu na tela - nenhum deles denotam entusiasmo em conseguir mudar o quadro posto.
Coluna publicada no jornal "NoiteDia", edição desta sexta-feira, 9

Nenhum comentário: