*

*

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14

Rede Orient - A partir de quinta-feira, 14
Orient Cineplace Boulevard - 15 - 18 (Dub) - 21 (Leg)

domingo, 7 de agosto de 2016

Não se faz mas comédia romântica como antigamente




"Um Amor de Professora" (Teacher's Pet), de George Seaton, 1958, é uma comédia romântica deliciosa que trata sobre jornalismo e educação. Sobre a prática e a teoria. Foi vista pelo NetFlix, na noite de sábado. Uma constatação: não se faz mas comédia como antigamente.
Em Nova York Jim Gannon (Clark Gable), editor do "Evening Chronicle", nunca cursou o segundo grau e acredita que a única forma de aprendizado é a prática na "escola da vida".
Ele envia uma carta ríspida ao "professor" Stone, quando este o convida para dar uma palestra na faculdade. Mas, seu chefe lhe explica que se trata de uma professora e o obriga a pedir desculpas, pois o dono do jornal faz parte do conselho da faculdade.
Assim, ele tenta consertar a situação e começa a frequentar aulas da professora e antes que possa dizer qualquer coisa vê a sua carta ser lida pela professora Erica Stone (Doris Day), que o ridiculariza.
A partir daí, ele tem um embate com a professora, cada um defendendo a sua tese. Mesmo assim ele se sente atraído e se torna um frequente aluno dela, sem revelar sua identidade. Logo se destaca na turma, deixando Erica entusiasmada.
Mas alguns problemas surgem para Jim enquanto tenta conquistar Erica. Ela é cortejada pelo psicólogo e intelectual Hugo Line (Gig Young) e ele namora a provocante cantora Peggy DeFore (Mamie Van Doren).
Na época de sua realização, os dois astros estavam no topo de Hollywood. Gig Young foi indicado para o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante e Fay Kanin e Michael Kanin foram indicados para o Oscar de Melhor Roteiro Original.
Na trilha, duas canções de Joe Lubin: "Teacher’s Pet Mambo", cantada por Doris Day, e "The Girl Who Invented Rock and Roll", interpretada por Mamie Van Doren.

Nenhum comentário: