*

*

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

II Encontro das Academias de Feira de Santana em 2 de setembro

A Academia de Letras e Artes, Academia Feirense de Letras, Academia de Educação, Academia de Medicina, Academia Regional de Letras Jurídicas, Academia de Ciências e Artes estarão realizando o III Encontro das Academias de Feira de Santana, no dia 2 de setembro, às 9 horas, no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo.
Fazendo parte da programação foi convidada a professora-doutora em Belas Artes, Maria das Graças Moreira Ramos, feirense, que proferirá palestra sobre o tema "Educação, Arte e Cultura".
Graça Ramos (Foto: Facebook), como é conhecida no meio artístico, tem formação em Artes Plásticas pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Mestrado em Artes Visuais da MAV Escola de Belas Artes - EBA/Ufba, Mestrado em Arte e Educação na Pensylvania State University nos Estados Unidos (1980) e Doutorado em Belas Artes  pela Universidade de Sevilha - US/ Espanha.
Vem participando de exposições através do mundo numa trajetória que inclui bienais, feiras, exposições individuais e coletivas, com premiações em importantes salões.
Tem sua obra publicada:  no Brasil, Alemanha, Espanha, Itália, Portugal, Estados Unidos, França e Japão.
Atualmente é professora titular do Departamento de Pintura e História da Arte  da Escola de Belas Artes da Ufba.
Além de Artes Plásticas Graça Ramos estudou Música na Escola de Música da Bahia. É membro da Academia de Cultura da Bahia. Recebeu o Título de Cidadã Soteropolitana, pela Assembleia Legislativa da Bahia.
Performance musical
Para abrilhantar a manhã festiva deste dia, o Coral Odonto Bahia fará uma performance musical, que tem como histórico a sua formação há 15 anos e é constituído por odontólogos e convidados, contando com 25 integrantes, tendo como coordenadora a Drª Terezinha Ribeiro e o instrumento acompanhador é o piano.
O coral tem se apresentado em diversos eventos da classe odontológica, missas de formaturas, inúmeros festivais em Salvador, bem como em várias cidades brasileiras como: Aracaju/SE, Maceió/AL, Natal/RN, São Lourenço/MG, Rio de Janeiro/RJ.
Já participou de festivais internacionais na América do Sul e Europa como: Festival Cantapueblo de Mendoza, na Argentina e Festival Cantate Barcelona, na Espanha.
O Coro dos Odontólogos da Bahia traz consigo um repertório composto de obras eruditas polifônicas e arranjos do cancioneiro folclórico e popular: "Ciranda da Praia" - Gabriel Levy, "Estrela" - Vitor Ramil; "Mata Florada" - Zelito Santos; "O Rei Azul" - Pollo Vallejo/A.Lisboa;  "Gira Gira" - Tincoãs; "Pau Pereira" - Canto de Mutirão recolhido no interior da Bahia; Jobinianas: "Chovendo na Roseira"/ "Canta Mais" - Antônio Carlos Jobim.
Sob a maestria de  Alcides Lisboa, graduado em piano pela Universidade Católica de Salvador; especializado em Composição e Jazz pela Universidade da Georgia - EUA; especializado em Regência e Metodologia de Meninos Cantores pela Universidade Johannes Gutemberg Universität e Bachakademie Stuttgart, Alemanha; diretor artístico do Festival Vozes na Chapada.
Já se apresentou nos Estados Unidos, Alemanha, Argentina, Suíça, Suécia e Espanha, além do Brasil. Foi condecorado pela Marinha do Brasil pelos serviços culturais e artísticos prestados à sociedade baiana e à Marinha.
É membro efetivo da Academia de Cultura da Bahia. Em janeiro de 2016, Alcides Lisboa foi comissionado pela produção musical da Rede Globo de Televisão na preparação e performance do "Coral das Noviças Cantoras do Convento" participando da novela "Velho Chico".
O evento tem o apoio da Fundação Municipal Egberto Costa  e é aberto ao público.
(Com informações da Academia de Educação de Feira de Santana)

Nenhum comentário: