*

*

quinta-feira, 7 de julho de 2016

"Planalto estima 60 votos contra Dilma no Senado"

Não adianta choro, nem vela: pelas contas do Palácio do Planalto, a destituição definitiva da presidente afastada Dilma Rousseff, no fim de agosto, terá pelo menos 60 votos favoráveis. Por enquanto, todos os levantamentos indicam que apenas 18 senadores se dizem dispostos a votar pelo retorno de Dilma ao governo, mas cerca de dois terços dos senadores não querem nem ouvir falar nessa possibilidade.
Ministro otimista
Embora não se jacte disso, um dos mais otimistas com a continuação do governo Michel Temer é o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil).
Ainda mais votos
Após acertar em cheio a votação do impeachment na Câmara e no Senado, Eliseu Padilha acha que Dilma poderá ter 61 votos contra ela.
Nem petista aguenta
O estilo de Dilma, hostil até aos que a apoiavam, não deixou saudades. Do tipo que aprecia gritos e palavrões, ela afastava até os petistas.
Apoio ideológico
É meramente ideológico o que resta de apoio a Dilma no Senado. Esse tipo de senador, em geral, não gosta dela. Mas vota "na esquerda".
Pensando bem...
...a "Dilma guerreira" da propaganda eleitoral, após amarelar e fugir da comissão do impeachment, afinal, está mais para "pipoqueira".
Fonte: Claudio Humberto

Nenhum comentário: