*

*

quinta-feira, 3 de março de 2016

Projeto para comemorar os 150 anos da 25 de Março

                                                                                                       
A Sociedade Filarmônica 25 de Março lança na noite de sexta-feira, 8 de abril, projeto para comemorar seu sesquicentenário. A instituição foi criada em 1868. O local do lançamento será o centenário Mercado de Arte Popular (MAP). Ocorrerá retreta da filarmônica na oportunidade.
A Sociedade Filarmônica 25 de Março é a mais destacada das três criadas em Feira de Santana. Fundada em 25 de março do ano de 1868 é a segunda criada na Bahia - a Sociedade Filarmônica Erato Nazarena foi fundada em 1863, cinco anos antes da primeira local.
O evento pré-comemorativo vai contar ainda com o lançamento do livro "A República do Mangue", primeiro romance do jornalista Jorge Magalhães, publicado pela Chiaddo Editora, de Portugal, bem como relançamentos dos livros "cinema demais", de Dimas Oliveira, "A História do Fluminense", de Adilson Simas, "Feira de Sant'Anna: Histórias e Estórias dos Séculos XIX e XX" (Escritas a Cinquenta Mãos), do Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana (IHGFS), além do lançamento do DVD "Fragmentos da História de Feira de Santana - Volume 8", que inclui entre outros filmes, "Ser Tão", de osé Umberto, "Tapera", de Juraci Dórea e Everado Cerqueira, e "O Rumbeira", de Antonio Miranda, realizados nos anos 80.
A ação promocional é da Fundação Senhor dos Passos, através do Núcleo de Preservação da Memória Feirense, que é também um encontro com o passado de Feira de Santana, pelo resgate da memória. Tem apoio da revista “Alternativa”.


Nenhum comentário: