*

*

*

*

quarta-feira, 16 de março de 2016

"PGR não quis pedir prisão de Mercadante ao STF"

A Procuradoria Geral da República (PGR) adotou em relação a Aloizio Mercadante (Educação) uma atitude muito diferente da que empregou com Delcídio do Amaral (PT-SP), quando solicitou e obteve sua prisão ao Supremo Tribunal Federal. Como no caso que levou Delcídio à cadeia em flagrante, conversa gravada mostra Mercadante oferecendo vantagens em troca do silêncio do senador petista, comportamento interpretado por juristas como clara tentativa de obstrução da Justiça.
'Perdeu objeto'
A PGR diz que a prisão de Mercadante perdeu objeto porque a delação foi homologada. Como se não tivesse ocorrido a tentativa de obstrução.
Ministro é mais igual
Mercadante tentou silenciar Delcídio, para não denunciar criminosos, assim como o senador foi preso por tentar silenciar Nestor Cerveró.
Sujeito a prisão
Fontes do STF garantem: Mercadante goza de foro privilegiado, mas, como não tem mandato parlamentar, pode ser preso sem problemas.
Pau conveniente
O tratamento diferenciado ao ministro da Educação mostra que o pau que bate em Chico, não bate em Aloízio Mercadante.
Fonte: Claudio Humberto

Nenhum comentário: