*

*

domingo, 27 de março de 2016

Há 43 anos foi inaugurado o Cine Timbira

Prefeito Newton Falcão, deputado Áureo Filho e empresário Francisco Pthon, na inauguração do Cine Timbira
Foto: Reprodução: "Blog Por Simas"

Cinema quase virou templo de igreja evangélica antes de fechar
Foto: João Santana/Reprodução "Feira de Jesus"


Em 27 - ou foi no dia 23? - de março de 1973, há 43 anos, foi inaugurado o Cine Timbira, com lançamento nacional da comédia italiana "Por uma Graça Recebida" (Per Grazia Ricevuta), de e com Nino Manfredi, 1971, que ganhou o prêmio de Melhor Diretor estreante no Festival de Cannes daquele ano. 
O cinema pertencia ao exibidor Francisco Pithon, o mesmo de cinemas como Guarani, Tupi, Liceu e Tamoio, em Salvador.
Antes, no local funcionava o Cine Santanópolis, que foi inaugurado com o drama romântico "Sinfonia Interrompida" (Interlude), de Douglas Sirk, 1957, com June Allyson, Rossano Brazzi e Marianne Koch, em 22 de novembro de 1958. Era uma grande sala, com mais de 1.000 cadeiras.
Em meados dos anos 70, Francisco Pithon transferiu o controle de seus cinemas à multinacional Cinema Internacional Corporation (CIC), que passou a ter o controle e a programação das salas.
A CIC era uma grande corporação, responsável pela distribuição de três estúdios - Paramount, Metro, Universal.
Em abril de 1997, especulou-se a venda do Timbira à Igreja Universal do Reino de Deus, o que não ocorreu. Quem adquiriu o imóvel foram as Lojas Americanas.
A última sessão de cinema no Timbira foi com o filme "O Espelho Tem Duas Faces" (The Mirror Has Two Faces), 1996, drama romântico de e com Barbra Streisand.

Nenhum comentário: