*

*

segunda-feira, 28 de março de 2016

"Chefes militares já se entendem com oposição"



Um dos sinais reveladores do declínio da presidente Dilma no poder tem sido a aproximação dos chamados setores "de Estado" com a oposição. Representantes do Itamaraty, inconformados com a nova condição brasileira de "anão diplomático", e a significativa interlocução com chefes militares, em geral muito discretos. Todos se mostram preocupados, mas concordam em um ponto: o governo Dilma acabou.
Papo reto
Um dos comandantes das três Forças pediu reunião urgente com o Líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes (SP). Será nesta terça (29).
Brasil fardado
A inquietação dos comandantes militares reflete a caserna, onde estão brasileiros indignados clamando por mudança como quaisquer outros.
Aqui não é Venezuela
Os chefes militares rejeitaram a ideia do Planalto de decretar "Estado de Defesa" para coibir e reprimir manifestações, como na Venezuela.
Aqui há democracia
As discussões sobre o "Estado de Defesa", cogitado por Dilma, foram reveladas a políticos da oposição nas conversas com chefes militares.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: