Clique na imagem

*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Ainda o parecer suspeito sobre o BRT



O parecer técnico sobre o Projeto BRT Feira de Santana encomendado pela Associação Feirense de Engenheiros (Afeng), instituição considerada "fantasma" - pois não declara Imposto de Renda à Receita Federal e está BAIXADA, por OMISSÃO CONTUMAZ -, com a finalidade de avaliar o projeto, achou "problemas técnicos, ambientais e urbanos".
O parecer é assinado por quatro "especialistas em transporte urbano" - arquiteta e urbanista Maria de Fátima Silva, de São Paulo; engenheiro civil Arthur Campora Szász, de São Paulo; arquiteto e urbanista Nei Simas Andrade de Oliveira, de Brasília; e engenheira civil Carmen Silvia de Carvalho Bueno. Ainda consta o nome do doutor em Direito Ambiental Teodoro Irigaray, mas sem assinatura.
Estranhamente, pelo que se tem notícia, entre os que assinaram o parecer, tão somente a arquiteta Maria de Fátima Silva esteve em Feira de Santana, onde ficou três dias - não se sabe ainda bancada por quem - fazendo "vistorias de campo".
Sobre a façanha, o engenheiro André Fiúza, da AZKS, de Curitiba, considerou ironicamente que "é surpreendente a genialidade da especialista em BRT que em apenas três dias consegue produzir uma análise do sistema de transporte, presente e futuro, de uma cidade de 600 mil habitantes".
Este parecer foi usado pela Defensoria Pública do Estado da Bahia em ação que move contra o Projeto BRT.

Nenhum comentário: