*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quinta-feira, 19 de março de 2015

Pablo Roberto não aceita tratamento e está saindo do PT

Sobre estar deixando o PT para ir a qual partido, o vereador Pablo Roberto afirmou ao repórter Miro Nascimento, no programa "Linha Direta", na Rádio Sociedade, na quarta-feira, 18, que "estamos discutindo isso. A saída ou não do partido será definida até sexta-feira (20). Temos conversado com alguns partidos, mas neste momento não tenho ainda nada decidido."
Os comentários nos bastidores políticos na cidade dão conta que o petista vai para a base do prefeito José Ronaldo na Câmara.
Pelas palavras do próprio vereador, o mais votado nas eleições de 2012, com 7.592 votos, todos sabem dos problemas que ocorreram com ele e o deputado estadual José Neto (PT).
"Desde o segundo semestre do ano passado estamos conversando com as lideranças, junto com as executivas municipal e estadual do partido, em busca de sanar as situações", conta. "Eu sempre fui muito leal, ajudei na campanha do governador Jaques Wagner. Apoiei companheiros estaduais e federais. Eu não tenho sentido esse reconhecimento. Eu não aceito mais esse tratamento que venho tendo. Acho que chegou o tempo de resolver", diz mais, colocando que "confesso que tenho conversado com pessoas de vários partidos, mas tenho que esperar".
"O que eu estou discutindo neste momento não é para que base eu vou. O que eu quero definir primeiro é organizar. Existem vários formas de você sair de um partido e ingressar em outro ou aguardar o período. Eu quero até o final desta semana, de uma vez por todas, resolver isso. Acho que essa novela já tem capitulo demais. Acho que a vida de todo ser humano é formada por vários círculos que devem ser fechados para outros começarem e eu tenho encarado isso com muita tranquilidade e responsabilidade. Estou muito focado no meu compromisso com a cidade de Feira de Santana, independente de sigla partidária", completou Pablo Roberto, mais uma liderança que o PT perde em Feira de Santana.

Nenhum comentário: