*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Missa encomendada

Não pegou bem, para um eterno candidato derrotado a prefeito, articular uma turminha para vaiar o prefeito José Ronaldo no evento de inauguração de dois condomínios do programa "Minha Casa, Minha Vida", no bairro Gabriela, na manhã desta quarta-feira, 25.
Em Feira de Santana, entre José Ronaldo e a presidente Dilma Rousseff, se alguém houvesse de ser vaiado espontaneamente pelo público, não seria o prefeito local, todos sabem.
Aliás, o próprio Ronaldo poderia ter promovido manifestações anti-Dilma, desde o Aeroporto Governador João Durval Carneiro, até o palco do evento, e não o fez. Tal conduta não é do seu perfil, de político que sabe respeitar os adversários e joga limpo.
Quem bancou as vaias praticou golpe baixo. Quem conhece um pouco da política local não tem nenhuma dificuldade de saber de quem partiu a infeliz iniciativa. O autor, contumaz nesse tipo de espreita, deve ter se sentido frustrado. Afinal, foram tantos os aplausos ao prefeito, que deu para se perceber nitidamente o minúsculo grupo formado para cumprir o que lhe fora exigido ou remunerado, quem sabe.
Voto de eleitor não se conquista com esse tipo de missa encomendada! 

Nenhum comentário: