Dê este livro - R$ 30,00 - de presente

Dê este livro - R$ 30,00 - de presente
Adquira no Boulevard Shopping (na Cappa Clara Tabacaria), Restaurante Flor do Maracujá (na Kalilândia), bancas Avenida, Cidreira e Status (na avenida Getúlio Vargas), no Espaço Cultural e O Folheteiro (no Mercado de Arte Popular)

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada no Orient Cineplace Boulevard
Lançamento em 15 de agosto no Orient Cineplace Boulevard - 11 - 13h20 - 15h40 - 18 - 20h20

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Prédio da Usina de Algodão abandonado pelo governo petista



O antigo prédio da Usina de Algodão (Fotos: Jorge Magalhães) está abandonado pelo governo petista, como outros equipamentos públicos em Feira de Santana. No local, mais recentemente, funcionou a sede da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).
Os defensores do patrimônio público de Feira de Santana ainda não se manifestaram. Talvez porque o prédio não é privado nem do Município, sim do Estado, não é mesmo? Ou porque são "falsos defensores", como diria o jornalista Hugo Navarro?

O jornalista e historiador feirense Antônio Moreira Ferreira, o Antônio de Lajedinho, é quem conta sobre a Usina de Algodão (Foto: Reprodução). Segundo ele, foi na década de 40 que o Governo do Estado começou a construção da Usina, na rua Senador Quintino, 1.950, nos Olhos d’Água. Ele lembra que o engenheiro Asclepíades Negrito de Barros foi diretor geral por muito tempo do órgão.

Um comentário:

Anônimo disse...

Cabe aí O Detran q tem um espaço pequeno lá no Jomafa ou quem sabe um outro SAC