#EsteBlogÉDemais!

#EsteBlogÉDemais!
Feira precisa continuar no caminho de progresso

*

*
Clique na logo para ouvir

Lançamento nacional

Lançamento nacional
Orient Cineplace Boulevard - 15h40 - 18h10 - 20h40 (Dublado)

Lançamento mundial - 19.12

Lançamento mundial - 19.12
11 horas (sábado, 21) - 14h10 - 17h20 (Dublado) - 20h30 (Legendado)

Dê este livro - R$ 30,00 - de presente

Dê este livro - R$ 30,00 - de presente
Adquira no Boulevard Shopping (na Cappa Clara Tabacaria), Restaurante Flor do Maracujá (na Kalilândia), bancas Avenida, Cidreira e Status (na avenida Getúlio Vargas), em O Folheteiro (no Mercado de Arte Popular)

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Prédio da Usina de Algodão abandonado pelo governo petista



O antigo prédio da Usina de Algodão (Fotos: Jorge Magalhães) está abandonado pelo governo petista, como outros equipamentos públicos em Feira de Santana. No local, mais recentemente, funcionou a sede da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).
Os defensores do patrimônio público de Feira de Santana ainda não se manifestaram. Talvez porque o prédio não é privado nem do Município, sim do Estado, não é mesmo? Ou porque são "falsos defensores", como diria o jornalista Hugo Navarro?

O jornalista e historiador feirense Antônio Moreira Ferreira, o Antônio de Lajedinho, é quem conta sobre a Usina de Algodão (Foto: Reprodução). Segundo ele, foi na década de 40 que o Governo do Estado começou a construção da Usina, na rua Senador Quintino, 1.950, nos Olhos d’Água. Ele lembra que o engenheiro Asclepíades Negrito de Barros foi diretor geral por muito tempo do órgão.

Um comentário:

Anônimo disse...

Cabe aí O Detran q tem um espaço pequeno lá no Jomafa ou quem sabe um outro SAC