*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Nova pesquisa Ibope/Rede Bahia indica vitória de Paulo Souto no primeiro turno

"Mesmo depois do início do programa eleitoral no rádio e na tevê, o resultado da pesquisa Ibope/Rede Bahia confirma o sentimento de mudança do povo baiano. Ao contrário do que os adversários imaginavam, a preferência pela nossa chapa se consolida a cada dia", afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação "Unidos Pela Bahia", ao avaliar a pesquisa Ibope/Rede Bahia, na qual aparece com 44% das intenções de votos contra 15% e 9% dos principais adversários, o petista Rui Costa e a socialista Lídice da Mata. A larga vantagem de Souto lhe garantiria hoje a vitória no primeiro turno, segundo a sondagem divulgada no início da tarde desta quarta-feira, 27.
Com dois pontos percentuais a mais do que na pesquisa Ibope/Rede Bahia anterior, Paulo Souto entende que o crescimento confirma o que se percebe em todos os cantos do estado por onde a chapa de oposição tem passado nesta campanha. "Estamos confiantes e continuaremos com humildade e determinação a apresentar aos baianos a nossa proposta de um novo futuro para a Bahia. A maratona só se encerra no dia cinco de outubro. Por isso, pedimos a todos que confiam em nosso trabalho que mantenham o empenho em prol de nossa vitória”, disse o candidato a governador.
Antes da divulgação do resultado da pesquisa, no final da manhã desta quarta-feira, Paulo Souto participou do programa "Que Venha o Povo", da TV Aratu, ancorado por Casimiro Neto (Foto: Valter Pontes) quando ironizou o tom do discurso adotado pelo adversário petista, durante entrevista na mesma emissora, no dia anterior. "Não preciso mais fazer oposição ao Governo do Estado na campanha eleitoral, porque o candidato Rui Costa fez isso ontem aqui, quando disse que a Bahia precisa dar um salto no crescimento e não pode mais continuar perdendo oportunidades para Pernambuco", disse.
A tentativa do adversário petista de polemizar o fato de Paulo Souto ter construído o novo Hospital Dantas Bião, o que toda população de Alagoinhas é testemunha, foi rebatida pelo candidato oposicionista: "Ele deveria aconselhar ao governador que colocasse em dia o pagamento da organização social, responsável pela gestão do hospital. Por falta de pagamento, o Dantas Bião se encontra numa situação vexatória e já chegou a fechar várias vezes, deixando a população sem atendimento".
Souto explicou que, do antigo Dantas Bião, só foram preservadas a fachada, a localização e o nome. Todo o resto veio abaixo, como já foi comprovado em fotografias da época, divulgadas pela imprensa. "Apenas 26 leitos funcionavam precariamente no antigo hospital. Entregamos o novo com 136 leitos, sendo que 10 de UTI", informou, ressaltando que o novo estabelecimento hospitalar foi dotado também de serviço de apoio ao diagnóstico, com tomografia computadorizada, para dar suporte à primeira Unidade de Terapia Intensiva da região de Alagoinhas.

Nenhum comentário: