*

*
Clique na logo para ouvir

*

*

domingo, 30 de março de 2014

"Planalto retalia os aliados que apoiaram a CPI"



A pesquisa CNI/Ibope, mostrando queda brusca de 7 pontos na avaliação da presidenta Dilma, deixou o governo paralisado, em estado catatônico, incapaz de impedir a oposição de obter número suficiente de adesões para criar a CPI da Petrobras. Mas não tardou a reação aos que assinaram a CPI. O Palácio do Planalto orientou os ministros a tratar como adversários os "aliados" que apoiaram a comissão.
Medo de CPI
Quase imune a auditorias do TCU, desde o governo Lula, a Petrobras é usada para negócios que até Deus duvida. Daí o medo da CPI.
Lista negra
A relação de deputados e senadores pró-CPI virou "lista negra": todos serão tratados a pão e água, como diz Aloizio Mercadante (Casa Civil).
Pressão
Levantamento da Casa Civil verifica quantos cargos parlamentares pró-CPI da Petrobras têm no governo. Retiram assinatura ou vão perdê-los.
Barrado
Audiência do senador João Capiberibe (PSB-AP), que apoiou a CPI, foi cancelada quando ele já estava na antessala do ministro de Cidades.
Fonte: Cláudio Humberto

Nenhum comentário: