Venda antecipada de ingressos no Orient Cineplace Boulevard

Venda antecipada de ingressos no Orient Cineplace Boulevard

Em lançamento mundial no Orient Cineplace Boulevard

Em lançamento mundial no Orient Cineplace Boulevard
13 - 15h40 - 18h25 (Dub) - 21h10 (Leg) no Orient Cineplace Boulevard

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

"Case e Seja Submissa"


Da jornalista italiana Costanza Miriano (Foto: Reprodução), autora do best seller, ainda sem tradução no Brasil, "Case e Seja Submissa” (Sposati e Sii Sottomessa), que despertou a ira das feminazi e cuja tradução espanhola (Cásate y Sé Sumisa) levou o Partido Socialista (PSOE) e a Esquerda Unida (EU) a exigir no Congresso aquela censura básica que os esquerdistas adoram:
"Não escrevi um tratado de sociologia. Olhei para a minha realidade e a de meus amigos, e nossos problemas são como ser feliz com nossos maridos, como amar melhor, como cuidar deles e como pedir que cuidem de nós, como manter unidos todos os papéis que tem uma mulher moderna: mulher, mãe, trabalhadora, mulher de fé que cultiva o espírito, mas que também aprecia cuidar de seu corpo. Quem imaginaria que meus escritos seriam lidos por 50.000 pessoas na Itália e no Exterior?"
http://ipco.org.br/ipco/noticias/palavra-submissa-incomoda-queimai-biblia#.Us2CePZD_Or
Quem imaginaria: qualquer editor que se preze, é claro. Qualquer um que saiba aquilo que interessa às pessoas comuns e que seja capaz de reconhecer uma obra que faça o mesmo, com um título provocador na medida certa para gerar o "mimimi" das histéricas que não a leram.
Comentário de Rodrigo Gurgel [o melhor crítico literário do Brasil]: Hoje mesmo recomendei os livros de Costanza Miriano para uma amiga do Facebook, Nina Viana, que deseja estudar, sob uma perspectiva cristã, temas como a dignidade da mulher, seu papel social, etc.
Fonte: Felipe Moura Brasil - http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/

Nenhum comentário: